Conecte-se Conosco

ESPORTES

MP entra na Justiça por torcida única em jogo entre Cruzeiro e Palmeiras

Fonte/Foto: otempo

Publicado

em

Por questões de segurança, promotor pede que decisão seja tomada em caráter liminar

O promotor de Justiça Paulo de Tarso Morais Filho ajuizou uma ação civil pública com pedido de liminar para que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e Federação Mineira de Futebol (FMF) determinem que a partida que vai acontecer neste domingo (8), entre Cruzeiro e Palmeiras, seja com torcida única.

O pedido foi feito na última sexta-feira (6), logo após o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) rejeitar o mesmo pedido feito pelo time celeste, no mesmo dia. O duelo, pela última rodada do Campeonato Brasileiro, pode culminar no rebaixamento do time mineiro à segunda divisão nacional.

O pedido se baseia no “histórico de confronto entre as torcidas e a séria dificuldade em se manter a segurança dos torcedores nos clássicos”, diz trecho da ação. “O perigo de dano é latente, uma vez que já aconteceram episódios de agressão e violência. Todos os episódios de violência podem ser evitados se de fato forem tomadas as devidas precauções para oferecer ao torcedor e consumidor segurança”, diz ainda.

O promotor acrescenta que as torcidas organizadas de Atlético e Palmeiras são parceiras e que, por isso, “é comum que torcedores do Clube Atlético Mineiro se desloquem para o estádio como forma de incrementar em número a torcida palmeirense, torcendo pela derrota do Cruzeiro”.

Além disso, há histórico de inimizade entre as torcidas do Cruzeiro e a Mancha Alviverde, principal organizada do Palmeiras. E, para piorar, Máfia Azul e Pavilhão Celeste, principais torcidas do Cruzeiro, já entraram em conflito diversas vezes.

O Cruzeiro e o Ministério Público dizem considerar o confronto de alto risco por alguns cenários, sendo o principal deles o risco de rebaixamento do time, que precisa vencer o Palmeiras e ainda contar com uma derrota do Ceará para o Botafogo, domingo, no Engenhão, para permanecer na Série A.

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Ideia Virtual