Conecte-se Conosco

PARAGOMINAS

MPT, Auditoria Fiscal do Trabalho e Cerest-PA inspecionam frigorífico em Paragominas (PA)

Foto: Reprodução / Fonte: Ministério Público do Trabalho

Publicado

em

Atendendo à Recomendação do Ministério Público do Trabalho, Fortefrigo vem adotando medidas de prevenção à Covid-19 no meio ambiente de trabalho

Neste mês de setembro, uma equipe integrada por representantes do Ministério Público do Trabalho PA/AP (MPT), da Auditoria Fiscal do Trabalho e do Centro de Referência Estadual em Saúde do Trabalhador (Cerest-PA) esteve em Paragominas (PA), para realizar inspeção na empresa Frigorífico Fortfrigo Ltda.

O grupo fiscalizou o estabelecimento da empresa, a fim de verificar o cumprimento de medidas ambientais previstas em recomendação emitida pelo Ministério Público do Trabalho, nos autos do Procedimento Promocional de atuação preventiva no trabalho em frigoríficos.

Desde o início da pandemia, a atuação do MPT já assegurou medidas de proteção à saúde de milhares de trabalhadores por meio da celebração de Termos de Ajuste de Conduta (TACs) que abrangem unidades frigoríficas de todo país, desde grandes empresas até aquelas de pequeno e médio porte. Como resultado do diálogo que as indústrias de abate e processamento de carne brasileiras vêm estabelecendo com o MPT, está o panorama encontrado na Fortefrigo, onde um protocolo de segurança passou a ser obedecido para o enfrentamento da Covid-19.

Medidas

Entre as medidas adotadas pela empresa estão a utilização de um único acesso às dependências do frigorífico atravessado por barreira de desinfecção; afastamento de empregados que compõem o grupo de risco; implantação de política dos “casos suspeitos”, afastando os empregados por 14 dias, caso apresentem sintomas característicos da covid-19; fornecimento de vacina antigripal e outros tipos de vacina aos empregados, em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde; e troca de máscaras de tecido a cada 3 horas, com cada período possuindo uma cor específica, para melhor controle da realização das trocas, e recolhimento dessas em um saco plástico para lavagem e higienização em lavanderia.

Segundo verificado durante a inspeção, o número de afastamentos na empresa não foi muito expressivo, já havendo redução considerável do número de funcionários afastados por suspeita de Covid-19, de acordo com controle atualizado semanalmente pelo setor de Recursos Humanos. Além disso, nenhum trabalhador veio à óbito em razão da doença. Para manter a situação controlada, os carreteiros que trazem o gado para abate não possuem contato com os empregados internos do frigorífico, o qual possui uma capacidade de abate de 600 animais por dia mas, por medidas de segurança, atualmente trabalha com uma média de 325 abates diários.

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Ideia Virtual

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (0) in /home/aprovincia/public_html/wp-includes/functions.php on line 4552