Conecte-se Conosco

FUTEBOL

Pré-Olímpico: seleção sub-23 estreia contra o Peru no domingo

Foto: Lucas Figueiredo/CBF / Fonte: Agência Brasil

Publicado

em

A seleção brasileira sub-23 começa neste domingo (19) sua jornada em busca da vaga olímpica. O Brasil estreia contra o Peru no Pré-Olímpico Sul-Americano, na Colômbia, que começa amanha (18) e prossegue até 9 de fevereiro.  O jogo de estreia da seleção, válido pela primeira rodada da fase de grupos, terá início às 22h30 (horário de Brasília) de domingo, no Estádio Centenário da cidade de Armênia, a 280 quilômetros (km) da capital Bogotá.

Ricardo Graça, convocado para a Seleção Olímpica
Ricardo Graça, zagueiro do Vasco, foi o último a ser convocado para a Seleção Olímpica – Paulo Fernandes/Vasco.com.br

O último a integrar a equipe brasileira foi o zagueiro Ricardo Graça, convocado na noite de ontem (16) pelo técnico André Jardine. Ele vai substituir o jogador Walce, do São Paulo, cortado na última segunda (13) devido a uma grave lesão (ruptura no ligamento cruzado do joelho esquerdo). O jogador se machucou sozinho, durante um amistoso no último domingo (12) contra o Boavista, e terá de passar por cirurgia.

Atual campeã olímpica – o ouro foi conquistado pela primeira vez na Rio 2016 – a seleção está no grupo B que, além do Peru, tem ainda Uruguai, Bolívia e Paraguai. No grupo A estão Argentina, Chile, Colômbia, Equador e Venezuela. Os dois melhores de cada chave avançam para o quadrangular final, e apenas dois vão carimbar o passaporte rumo aos Jogos Olímpicos de Tóquio, em julho, no Japão.

Confira a lista dos 23 jogadores convocados para o Pré-Olímpico Sul-Americano:

Goleiros: Cleiton (Atlético-MG), Ivan (Ponte Preta) e Phelipe (Grêmio).

Laterais-direitos: Dodô (Shakhtar Donetsk-Ucrânia) e Guga (Atlético-MG).

Laterais-esquerdos: Iago (Augsburg-Alemanha) e Caio Henrique (Fluminense).

Zagueiros: Nino (Fluminense), Bruno Fuchs (Internacional), Robson Bambu (Athletico-PR) e Ricardo Graça (Vasco).

Meio-campistas: Bruno Guimarães (Athletico-PR), Maycon (Shakhtar Donetsk-Ucrânia), Igor Gomes (São Paulo), Matheus Henrique (Grêmio), Reinier (Flamengo) e Bruno Tabata (Portimonense- Portugal).

Atacantes: Antony (São Paulo), Pepê (Grêmio), Matheus Cunha (RB Leipzig-Alemanhã), Paulinho (Bayer Leverkusen-Alemanha), Pedrinho (Corinthians) e Yuri Alberto (Santos).

FUTEBOL

STF começa julgar liberação de bebidas alcoólicas em estádios, nesta sexta (28)

Ministros da Corte vão analisar processo sobre liberação de bebidas alcoólicas nas arenas do Mato Grosso, Espírito Santo e do Paraná

Publicado

em

Foto: Reprodução / Fonte: Agência do Rádio

Começa hoje, no Supremo Tribunal Federal (STF), o julgamento do processo que pode liberar a venda e consumo de bebidas alcoólicas nas arenas esportivas do Mato Grosso, Espírito Santo e Paraná.  

Os estados não têm leis que impeçam a comercialização de bebidas alcoólicas nos estádios, no entanto, o Estatuto do Torcedor, (LEI 10.671/2003) proíbe a prática nas arenas esportivas e, desta forma, surgiu embate jurídico que o STF deve pacificar.  

A Procuradoria Geral da República (PGR) defende as normas previstas no Estatuto do Torcedor porque acredita no princípio do “poder” das leis federais sobre as estaduais. Além disso, a PGR ressalta, no processo, que as bebidas alcoólicas são potencializador de “surtos de violência” nos estádios. 

Os estados defendem a venda dos produtos nos estádios porque entendem que o Estatuto do Torcedor não restringe o uso de bebidas alcoólicas, de maneira expressa, e argumentam que, durante a Copa do Mundo de Futebol, realizada  no país em 2014, o comércio e consumo de cervejas, por exemplo, foram liberados, mesmo com o Estatuto do Torcedor em vigor. 

Os ministros do STF, Alexandre de Moraes e Cármen Lúcia, são os relatores da ação, que vai ser analisada pela corte em plenário virtual.  

Continue lendo

FUTEBOL

Duelo Juventus-Inter não terá público devido ao coronavírus

Publicado

em

Foto: Reprodução / Fonte: AFP

A Juventus (1ª) recebe a Inter de Milão (3ª), um duelo no topo do pódio entre dois dos três candidatos ao título, ao lado da Lazio (2ª), que será disputado sem público para evitar a progressão do coronavírus, neste domingo pela 26ª rodada do Campeonato Italiano.

“Tenho confiança, porque somos um grupo unido. Contra a Inter, temos que começar a partida melhor que contra o Lyon”, afirmou o galês da Juventus Aaron Ramsey, referindo-se à derrota por 1 a 0 na França esta semana na ida das oitavas da Champions.

A partida significará a volta a Turim de Antonio Conte, jogador da Juventus durante 13 anos e arquiteto do atual projeto vencedor como técnico, cargo em que conquistou três títulos italianos com a Velha Senhora.

“Iniciamos um ciclo de jogos importantes, no fim saberemos com mais precisão quais são nossas verdadeiras chances de título”, analisou o agora técnico da Inter, a seis pontos da Juventus na tabela, mas com uma partida a menos.

A Lazio, segunda colocada a um ponto da Juventus, joga no sábado em casa contra o Bologna (10º). Em caso de triunfo, a equipe romana será líder provisória e aumentará sua sequência invicta para 20 rodadas na Serie A.

Mas não será fácil: o Bologna ganhou quatro de suas últimas cinco partidas.

Na briga pelo quarto lugar, último que vale uma vaga na próxima Champions, a Atalanta (4ª) encara o Lecce (16º) com a intenção de manter os três pontos de vantagem sobre a Roma (5ª), que também visita uma equipe modesta, o Cagliari (11º).

Napoli e Milan, sexto e sétimo colocados empatados em ponto, recebem respectivamente Torino (14º) e Genoa (18º). San Siro também não terá público devido ao coronavírus.

Segundo o último relatório, 650 pessoas foram diagnosticadas com o novo vírus na Itália, o país mais afetado na Europa, com 17 mortes contabilizadas.

Quatro jogos da rodada anterior foram adiados e ainda não têm data definida para serem disputados.

Continue lendo

FUTEBOL

Após eliminação, Rogério Ceni diz que foco do Fortaleza é se manter na Série A

Publicado

em

Foto: Reprodução / Fonte: Estadão Conteúdo

Com um gol sofrido nos minutos finais, o Fortaleza foi eliminado pelo Independiente, da Argentina, na primeira fase da Copa Sul-Americana. A vitória por 2 a 1 na Arena Castelão, em Fortaleza, na quinta-feira, não foi suficiente, já que havia perdido por 1 a 0 fora de casa. A queda em sua primeira participação em torneios internacionais frustrou muito os planos do clube para a temporada, mas o técnico Rogério Ceni fez questão de ressaltar que o objetivo maior é se manter na Série A do Campeonato Brasileiro.

“O Fortaleza tem um caminho, que é se manter na Série A do Campeonato Brasileiro, para que possa, se não tiver um investimento externo, tentar construir o seu CT e ter um faturamento maior do que teve no último ano”, afirmou Rogério Ceni na entrevista coletiva pós-jogo.

A tabela do Brasileirão foi divulgada na quinta-feira pela CBF e o rival da estreia do Fortaleza, no início de maio, será o Athletico-PR, no Ceará. Até lá, o clube seguirá na disputa do Campeonato Cearense e da Copa do Nordeste – em ambos está defendendo o título. E ainda tem a Copa do Brasil, já a partir das oitavas de final, daqui dois meses.

Para a sequência da temporada, Rogério Ceni pede jogadores de velocidade para reforçar as características de jogo do Fortaleza, mas diz entender a situação financeira do clube. “Algumas posições são mais raras. Um time com uma rotação, que joga em velocidade, precisa de mais opções. Tudo isso é baseado na condição financeira. Não é má vontade do clube, o Fortaleza está fazendo o que pode”, comentou.

Sobre o jogo, o técnico definiu a eliminação nos minutos finais como “coisas do futebol”. “Infelizmente temos que conviver com essas situações. Jogamos muito superior a eles nos dois jogos, não tem nem comparação. Foi um presente tudo que aconteceu, tanto na Argentina como hoje (quinta-feira). Hoje o Independiente foi dominado por inteiro pelo Fortaleza, mas não conseguimos fazer o terceiro gol”, lastimou.

Continue lendo

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Corpes Digital