Conecte-se Conosco

ESPORTES

Remo paralisa obra de iluminação do estádio e presidente explica: ‘Para manter o básico funcionando’

Fonte: O Liberal Foto: Reproducao

Publicado

em

Fabio Bentes frisou que o momento é de pensar no mais emergencial, mas diz que os recursos para a iluminação estão guardados

O torcedor do Clube do Remo vai esperar um pouco mais para ver o estádio Evandro Almeida, o Baenão, apto para jogos noturnos. A paralisação dos jogos por causa da covid-19 influenciou também na conclusão do projeto que visa a instalação de novos reflores no Baenão. O presidente do Remo, Fábio Bentes, conta que a obra está parada e nem é momento para se pensar em iluminação do estádio.

“Todos os recursos e esforços estão na captação de dinheiro para manter o básico funcionando. O mais emergencial. Foram apresentados alguns projetos para parceiros. Existia até uma pessoa disposta a financiar e emprestar recurso. Mas hoje sem a expectativa de jogos é temerário um empréstimo para esse fim, de colocar iluminação, ou sair comprando sem perspectiva de ter receita para pagar. Então, a gente paralisou o processo. Estamos aguardando. Ele está estagnado”, explicou.

Apesar de paralisado, Fabio diz que teve sim um avanço. Tudo voltará a ser feito assim que o clube puder jogar novamente.

“Avançamos bastante. Está faltando comprar os refletores. Temos algum recurso guardado do jogo da iluminação. Iríamos marcar o jogo, mas como paralisou tudo não marcamos. Até porque não sabemos como vai ficar a tabela do campeonato”, acrescentou o presidente do Remo.

Continue lendo
Clique para comentar

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Corpes Digital