Conecte-se Conosco

SAÚDE

Saúde perderá R$ 500 mi para fundo eleitoral, diz ministro

Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta Foto: MS/Erasmo Salomão

Publicado

em

Durante a 5ª Cúpula dos Chefes de Estado do Mercosul, o ministro da Saúde, Henrique Mandetta, afirmou que ficou surpreso com a retirada de R$ 500 milhões da pasta para o fundo eleitoral.

– Infelizmente, ontem, nós fomos surpreendidos para a retirada de R$ 500 milhões da saúde, do Orçamento, para poder alocar no fundo eleitoral – declarou Mandetta.

O ministro ainda disse que “com esses R$ 500 milhões, podem ter certeza que a gente poderia fazer muito mais e fazer chegar de uma maneira muito mais intensa para que vocês possam entregar as realizações em 2020”.

Uma comissão do Congresso Nacional aprovou o relatório do Projeto de Lei Orçamentária de 2020 na Comissão Mista de Orçamento. Nele, é previsto um aumento do fundo eleitoral, verba que financiará as campanhas em 2020, de R$ 2 bilhões para R$ 3,8 bilhões. A saúde perderá o equivalente a R$ 500 milhões e áreas como a educação, infraestrutura e saneamento básico também serão atingidas.

SAÚDE

Cientista brasileira faz descoberta de método de combate a alopecia e se torna destaque internacional

A cientista Jackeline Alecrim realizou uma descoberta inédita no tratamento da calvice e ganha destaque mundial

Publicado

em

Foto: MF Press Global / Magic Science Brasil / Fonte: MF Press Global

A pesquisadora mineira Jackeline Alecrim alcançou reconhecimento no meio acadêmico e se tornou também bem sucedida nos negócios como empreendedora na área da cosmética após a descoberta de um método exclusivo e patenteado de tratamento da alopecia (calvice) a partir de extratos de café. Chamado ‘Caffeine’s Therapy‘, o produto que tem a formulação desenvolvida pela cientista está presente em vários países do mundo.

Desenvolvimento científico
Com base nas suas pesquisas e nos estudos desenvolvidos ao longo de quatro anos, a doutora conseguiu um feito inédito no mundo inteiro, que foi uma tecnologia realmente eficaz no combate a queda de cabelo e calvície: “somos os únicos no mundo que dominam a produção deste composto para o tratamento da alopecia baseado em ativos provenientes do café”.

Reconhecimento internacional
O produto ‘Caffeine’s Therapy’ é comercializado em 8 países e tem sido utilizado em centros clínicos no exterior para o tratamento da queda capilar: “ocorreram inúmeras divulgações nas redes sociais de pacientes e profissionais dos EUA. Os estudos clínicos do shampoo não foram publicados em revista científica pois guardam detalhes resguardados por patente”, conta a Dra. Jackeline.
O segredo
A cientista explica o diferencial de seu tratamento e dos seus estudos frente a outras pesquisas: “Enquanto todos tentavam tratar a alopecia utilizando cafeína como único princípio ativo da formulação, eu resolvi ir com base nos meus estudos na contramão disso. Eu deixei a cafeína no composto sem isolá-la, de modo complementar com outros princípios ativos no extrato biotecnológico de café. Vários pesquisadores da Alemanha e de muitos outros países já observavam que a cafeína tinha efeito no beneficiamento do ciclo capilar, porém com baixa eficácia. Meus estudos demonstraram que na concentração correta o extrato que desenvolvemos teria eficácia muito maior, e por isso fomos o  primeiro grupo de pesquisa a obter resultados significativos com a cafeína com ação beneficiada para o tratamento da alopecia. Durante quatro anos de estudo, mais da metade deste tempo foi tentando encontrar a concentração ideal para estimular o efeito de crescimento capilar e combate a calvice, pois em concentração errada poderia promover a queda em vez do crescimento”. 
Os produtos desenvolvidos pela cientista a posicionaram também como mulher de negócios através da criação da sua própria empresa, a Magic Science, que atua na produção e comercialização: “Os resultados têm sido surpreendentes e com boa aceitação em vários países. Devo isso ao fato do produto ser um grande sucesso com 100% de eficácia anti queda nos testes exigidos pela ANVISA com redução da queda, estímulo no surgimento de novos fios e no crescimento capilar, algo único em todo o mundo”.

Continue lendo

SAÚDE

Ministério da Saúde descarta suspeita de coronavírus no RJ

Suspeita veio de paciente internado em Niterói que chegou da China na semana passada

Publicado

em

Casos de coronavírus têm se espalhado ao redor do mundo Foto: EFE/EPA/Su Yang

O Ministério da Saúde descartou no fim da manhã desta segunda-feira (27), que um paciente internado no Hospital Icaraí, na cidade de Niterói, Região Metropolitana do Rio de Janeiro, esteja infectado com o novo coronavírus (2019-nCoV). Por volta das 10h da manhã, a Prefeitura de Niterói informou que monitorava a suspeita na cidade por conta de um homem que chegou da China na semana passada.

Na China, país onde a doença se iniciou, já são 81 mortes confirmadas pelo coronavírus e, de acordo com o último balanço, há 2.744 casos confirmados no país.

Além do país asiático, outros 12 países já tem casos confirmados da doença, desde vizinhos chineses como a Tailândia, o Nepal e o Vietnã, até países como França, Estados Unidos e Austrália.

No Brasil, o Ministério da Saúde descartou cinco casos suspeitos. A pasta informou que as ocorrências não se enquadram na definição de caso suspeito da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Continue lendo

SAÚDE

Coronavírus: EUA confirma quinta contaminação no país

Publicado

em

Foto: Reprodução / Fonte: Conexão Política

Os EUA confirmou nesse domingo (26) três  novos casos confirmados de contaminação por coronavírus. Um caso foi registrado no condado de Maricopa, no Arizona; outro no condado de Los Angeles, California; e o último no condado de Orange, também na California.

Na semana passada uma pessoa de Seattle, estado de Washington, e outra em Chicago, Illinois, foram diagnosticadas com o coronavírus.

Com isso já são cinco casos confirmados em todo o país, segundo o CDC, centro de controle de doenças do governo americano.

Todos os casos confirmados até agora são de pessoas que estiveram em Wuhan, na China, cidade onde surto teve início.

Suspeitas atingem 26 estados americanos

Já chega a 100 o número de casos suspeitos de contaminação nos EUA; além dos cinco já confirmados, 25 já foram descartados, mas o restante continua pendente de diagnóstico. Os casos suspeitos estão em 26 estados americanos.

O CDC, porém, acredita que não tenha havido ainda nenhum caso de contaminação de pessoa para pessoa em território americano.

Por: Guilherme L. Campos

Continue lendo

Facebook

Propaganda

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Corpes Digital