Conecte-se Conosco

POLÍCIA

Suspeito é morto e ponto de venda de drogas dentro de mata é destruído em Castanhal

Publicado

em

As viaturas chegaram na rua por lados opostos, para surpreender os criminosos e evitar as fugas

Na noite desta segunda-feira (22), Zenilson Junior da Silva Monteiro morreu em uma ação da Polícia Militar que apurava uma denúncia de tráfico de drogas em Castanhal, nordeste paraense. Dois outros suspeitos conseguiram fugir na perseguição, mas a Polícia encontrou uma arma e drogas no local usado como base pelos traficantes, dentro de uma mata.

O 5º Batalhão de Polícia Militar (BPM) informou que por volta das 19h, agentes da 3ª Companhia Independente de Missões Especiais (3ª CIME) foram até a Rua Manoel Pinto da Silva, no bairro Betânia, para averiguar uma denúncia de comercialização de drogas, perto de uma área de mata. O ponto escolhido como base para os traficantes era estratégico: sempre que a Polícia se aproximava, eles conseguiam fugir pela mata, já que conheciam os caminhos para escapar. Por isso, o policiamento ordinário foi dispensado e o grupo tático foi acionado para lidar com a ocorrência.

As viaturas chegaram na rua por lados opostos, para surpreender os criminosos e evitar as fugas. Ao perceberem, já quase tarde demais, a repentina chegada da Polícia, três suspeitos correram e se embrenharam na mata. Os policiais alegam que Zenilson estava portando uma arma de fogo e disparou contra a guarnição na fuga, e para se proteger, ele dispararam e resposta. 

O homem tombou ferido no chão, e uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192) foi acionada, mas por se tratar de uma área de difícil acesso, os policiais alegam que levaram eles mesmo o homem à Unidade de Pronto Atendimento (UPA), onde Zenilson chegou sem vida. Os outros dois suspeitos  conseguiram fugir pulando em um rio

No local, os Policiais encontraram um barraco de madeira onde os suspeitos aparentemente ficavam escondidos e funcionava com ponto de venda de drogas. Na estrutura, foi achado um frasco com sete papelotes com variados tipos de droga. A área é conhecia pela venda e fabricação de drogas, sendo que meses antes, um laboratório de entorpecentes foi destruído naquela mesma mata. 

A arma de fabricação artesanal usada por Zenilson foi levada para a Delegacia de Polícia Civil onde o caso foi registrado.

Copyright © 2018. A Província do Pará Todos Direitos Reservados . Desenvolvido por Ideia Virtual