quarta-feira, abril 24, 2024
Desde 1876

Conselho de Segurança da ONU aprova resolução exigindo cessar-fogo imediato em Gaza

O Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) aprovou ontem, segunda-feira, 25, uma resolução exigindo um cessar-fogo imediato entre Israel e o Hamas e a libertação imediata e incondicional de todos os reféns em Gaza. Os EUA se abstiveram na votação. Todos os outros 14 membros restantes do colegiado votaram a favor, incluindo os membros permanentes Rússia, China, Reino Unido e França.

O texto foi proposto pelos 10 membros eleitos do órgão da ONU: Argélia, Equador, Guiana, Japão, Malta, Moçambique, Coreia do Sul, Serra Leoa, Eslovênia e Suíça.

Os Estados Unidos tinha sido avesso à palavra “cessar-fogo” no início da guerra de quase seis meses na Faixa de Gaza e usou o seu poder de veto para proteger Israel.

A resolução aprovada na ONU exige também a libertação imediata e incondicional de todos os reféns feitos pelo grupo terrorista palestino. Israel diz que o Hamas fez 253 reféns durante o ataque de 7 de outubro. A resolução do Conselho de Segurança da ONU também “enfatiza a necessidade urgente de expandir o fluxo de assistência humanitária e reforçar a proteção dos civis em toda a Faixa de Gaza e reitera a sua exigência de levantamento de todas as barreiras à prestação de assistência humanitária em grande escala”.

Imagem: Agências Internacionais/Reprodução

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,600SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Governo do Estado
banpara

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo