sábado, julho 20, 2024
Desde 1876

Hospital Abelardo Santos reforça importância da hidratação infantil em épocas mais quente

Especialistas em nutrição do Hospital Regional Dr. Abelardo Santos (HRAS), no Distrito de Icoaraci, em Belém, orientam pais e responsáveis sobre a relevância da hidratação das crianças durante a estação mais quente do ano. No verão, a temperatura média atinge 34ºC na capital paraense, e os pequenos tendem a perder mais líquido devido ao calor intenso e às diversas atividades ao ar livre.

“Ingerir água, consumir frutas, evitar exposição prolongada ao sol e usar protetor solar são algumas das recomendações para prevenir a desidratação. A água, por exemplo, é fundamental para que todas as funções do organismo sejam executadas adequadamente, ajudando a manter o equilíbrio térmico e alcançando todas as células e órgãos do corpo”, afirma a nutricionista do HRAS, Izabela dos Santos.

Referência no atendimento à mulher e à criança em quatro frentes pediátricas, o Hospital Abelardo Santos incentiva os pacientes sobre a necessidade de beber água durante e após o tratamento, realizando visitas diárias nos leitos da clínica pediátrica. Além disso, a equipe do Nutrição e Dietética (SND) da unidade desenvolve planos alimentares que incluem frutas e verduras durante a internação.

Yan Vinicius, de 4 anos, é fã de frutas e bebe água constantemente para alegria da família e da equipe do hospitalFoto: Ascom / HRASCom apenas quatro anos, Yan Vinicius já sabe da importância da água e das frutas no dia a dia. “Eu ofereço constantemente água para o meu filho, mas, de qualquer forma, ele sempre pede: ‘Mamãe, quero uma maçã; uma melancia; quero água’. E aqui no Abelardo não é diferente, pois ele está sempre se hidratando”, garante a operadora de caixa e mãe do garotinho, Maria Monteiro Dias, de 34 anos.

A fruta preferida da Jennifer Sophia é a melancia, uma das aliadas no combate à desidrataçãoFoto: Ascom / HRASNo caso de Jennifer Sophia, de seis anos, a fruta preferida dela é a melancia. “Pelo que já aprendi, esta é uma ótima escolha, pois a melancia é uma das aliadas nesse processo de hidratação no verão. Mas claro, sempre explicamos para ela que o mais importante mesmo é tomar água constantemente, pois moramos em uma cidade muito quente”, afirma Glebson Lopes, 45 anos, pai da criança.

Izabela também destaca a importância de observar sinais de desidratação, como boca seca, pouca urina e cansaço excessivo. “É comum as crianças se distraírem com brincadeiras. É essencial que os pais ofereçam água ou frutas, mesmo que os filhos não manifestem sede. E, ao identificar qualquer um dos sinais de desidratação, procurar atendimento médico imediatamente”, alerta.

Para assegurar a hidratação das crianças no verão, além da água, é necessária uma alimentação leve à base de frutas, verduras e legumes. Os pais também podem oferecer sucos naturais, chás e água de coco aos filhos. Mas diante das opções, a nutricionista ressalta que o consumo de água, cuja quantidade ideal varia conforme a idade e o nível de atividade física, deve ser priorizado nesse processo.

“Em geral, crianças de 1 a 3 anos precisam de cerca de 1,3 litros de água por dia. Já na faixa etária de 4 a 8 anos, são necessários aproximadamente 1,7 litros de água diariamente. De 9 a 13 anos: para meninas, cerca de 2,1 litros, e para meninos, cerca de 2,4 litros por dia; adolescentes de 14 a 18 anos: para meninas, cerca de 2,3 litros, e para meninos, cerca de 3,3 litros por dia”, detalha Izabela.

Aleitamento

Quanto aos bebês que se alimentam exclusivamente de leite materno, não é preciso se preocupar. O leite humano é suficiente para hidratá-los neste período de calor intenso, sendo o alimento natural mais completo para a criança nos primeiros meses de vida. Cerca de 88% do leite materno é composto de água, e a criança não necessita de outra alimentação, somente após os seis meses, afirma a especialista.

Frutas

Outra alternativa são as frutas, excelentes aliadas durante o calor e ricas em água, vitaminas e minerais, que ajudam a manter a hidratação e a saúde das crianças. A melancia, por exemplo, é composta por cerca de 90% de água, sendo excelente para hidratar e refrescar. Além disso, é rica em vitaminas A, B6 e C. O melão, também com alto teor de água, é uma boa fonte de vitamina C e potássio.

Santos completa a lista incluindo o abacaxi como fonte de vitamina C e bromelina, sendo ótimo para a digestão com propriedades anti-inflamatórias. “Tem a opção da manga, fonte de vitamina A e C, excelente para a pele e o sistema imunológico. A laranja e a tangerina, ricas em vitamina C e flavonoides, ajudam a reforçar o sistema imunológico. E claro, não podemos esquecer da água de coco”, reforça.

Evitar

Por fim, a orientação é que se evite alimentos gordurosos e pesados, pois podem causar desconforto e dificultar a digestão; bebidas açucaradas e refrigerantes, além de serem calóricas, levam à desidratação. Alimentos processados, snacks industrializados e com alto teor de sódio podem causar retenção de líquidos e não oferecem nutrientes. Além disso, deve-se evitar a exposição ao sol entre 10h e 16h.

HRAS

O Hospital Abelardo Santos é a maior unidade pública do Governo do Pará. A instituição é administrada pelo Instituto Social Mais Saúde (ISMS), em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). Conta com um serviço de pediatria de urgência e emergência, além de leitos clínicos.

A unidade é referência no atendimento à mulher e à criança, em quatro frentes pediátricas: pronto-socorro, cirurgia, internação clínica e Unidade de Terapia Intensiva (UTI), além do acolhimento nas Unidades de Cuidados Intermediários (UCIn). A pediatria do HRAS está estruturada com 10 leitos de UTI, 25 leitos de clínica pediátrica e um pronto-socorro infantil, com atendimento 24 horas.

Fonte: Agência Pará/Foto: Ascom/HRas

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,900SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Prefeitura

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo