quarta-feira, julho 17, 2024
Desde 1876

Clube do Remo volta ganhar título de campeão do torneio de futsal adulto Bené Aguiar

Em oito anos de comando no time de futsal adulto masculino do Clube do Remo, o técnico Ney Carioca conquista pela terceira vez o título de campeão do Torneio Bené Aguiar. Ontem, domingo, 02, na Arena Guilherme Paraense [Mangueirinho], o Clube do Remo venceu o time da Esmac nas cobranças de penalidades: 4 a 2, depois de um sucessivo empate no tempo normal e na prorrogação pelo placar de 1 a 1.

O jogo foi dramático e de muitas emoções, com destaques para as defesas arrojadas dos goleiros Werllen, do Clube do Remo, e Rafael Lima, da Esmac.

Depois do 0 a 0 na fase inicial, o time azulino abriu vantagem com um gol magistral do veterano pivô Luisão. A Esmac passou a usar o goleiro linha em busca do empate.

A torcida do Leão já comemorava a conquista quando a um minuto do final Wellington, num leve toque dentro da área, deixou tudo igual no placar.

Na prorrogação, apesar dos esforços desmedidos dos times, contudo, não saiu gols.

Nos pênaltis, a Esmac errou os dois primeiros chutes. O Clube do Remo, certeiro, completou todas as cobranças.

A Esmac foi vice-campeã sem ter nem uma derrota em toda competição, ao contrário do Clube do Remo que teve uma derrota, justamente para a Esmac.

A conquista do Torneio Bené Aguiar de 2024 garante o Clube do Remo no Torneio Paulo José que credencia vaga à Copa Norte da CBFS.

“Foi uma trajetória linda dentro da competição, fomos coroados com a conquista do título diante de uma poderosa equipe que é a Esmac. O nosso time foi guerreiro, valente e certeiro no momento certo. Os atletas estão de parabéns”, comentou Ney Carioca.

Carioca ressalta que o Clube do Remo precisa de reforços para disputar o Parazão de Futsal. “Temos um base, no entanto, precisamos de mais jogadores. O Campeonato Estadual é muito concorrido e é necessário contar com um excelente elenco”, salienta.

Carlos Resende, diretor do departamento salonista, reconhece a necessidade de contar com um elenco bem forte. “Temos seis jogadores atuando fora. Como a gente não tem recurso financeiro, eles vão jogar onde rende bom dinheiro”, fala. Resende espera ter apoio maior da diretoria para montar uma forte equipe e ter condições de segurar alguns atletas.

Luisão, 44 anos, jogando como um jovem de 18, foi autor de um magistral gol, fato normal na sua extensa carreira. “Ah, foi legal, né. É muita satisfação estar jogando e vencendo. Foi muito gratificante a conquista, é como se fosse a primeira. Vamos comemorar”, contou.

FAVORITO

A Esmac pela campanha na fase eliminatória, onde venceu todos os jogos, foi apontada favorita ao título. Mas deixou a quadra sem o título para a decepção do técnico Elcio de Souza. “Não deu certo. Os ‘meninos’ erraram muitos gols e saímos sem a taça de campeão. Não é de ficar se lamentando, mas corrigir os erros para o Parazão e Taça Brasil. Vamos contar com o retorno de vários jogadores e o time vai ganhar mais consistência técnica”, avaliou. (Reportagem e fotos: Braz Chucre/Ronabar)

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,900SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Prefeitura

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo