quarta-feira, julho 24, 2024
Desde 1876

Grupo organiza ato pelo impeachment de Lula e de Moraes neste domingo

Um grupo chamado Movimento Liberdade marcou para este domingo, 9, uma manifestação na Avenida Paulista, em frente ao Museu de Arte de São Paulo (Masp), para pedir o impeachment do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF). O ato está marcado para as 14h.

Idealizador, organizador e financiador da manifestação, Guilherme Sampaio disse que o Movimento Liberdade foi registrado e patenteado no ano passado pelo Space Liberdade, canal no Twitter/X de Keven Oliveira e Samantha Pozzer. “Quando iniciamos a organização da manifestação, eles cederam o nome”, disse Sampaio à Folha de São Paulo.

Além de Sampaio, Oliveira e Samantha, o ato também tem Marco Antônio Costa, ex-jornalista da Jovem Pan, como organizador. No Twitter/X, eles disseram que a manifestação foi convocada “em repúdio à condução das políticas do governo federal”.

“A tragédia no Rio Grande do Sul indignou a todos, pela incompetência ou má-fé deste governo na gestão de crises locais. O Brasil chegou à conclusão de que só o povo pode salvar o povo e este será o mote da manifestação pela Liberdade”, escreveram.

MANIFESTO

O ato também pede o impeachment do ministro de Moraes e doações para o Rio Grande do Sul. No post de convocação da manifestação, os organizadores dizem o que é proibido durante o protesto:

“Proibidos cartazes e pautas que: ofendam a honra e a dignidade de pessoas; ⁠desejem o fim de instituições; ⁠que preguem golpe de estado ou intervenção militar; ⁠que estimulem soluções ilícitas e violentas”, listam.

A deputada Carla Zambelli (PL-SP) é uma das presenças confirmadas no evento. “Assim como em todas as manifestações pela liberdade, estarei presente, ainda que não tenha nada a ver com a organização”, afirmou.

O deputado Luiz Philippe de Orleans e Bragança (PL-SP) também deve comparecer. Outros nomes, como os deputados Marcos Pollon (PL-MS) e Marcel van Hattem (Novo-RS) e o senador Eduardo Girão (Novo-CE), tentam ajustar a agenda para estarem presentes, informou a Folha.

Imagem: Ricardo Stuckert/PR

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,900SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Prefeitura

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo