domingo, julho 14, 2024
Desde 1876

Morre, aos 90 anos, a atriz Ilva Niño, a Mina de Roque Santeiro

Morreu no Rio de Janeiro (RJ), nesta quarta-feira (12), a atriz Ilva Niño, a célebre empregada Mina, da novela Roque Santeiro (1985). Ela estava internada no Hospital Quali, em Ipanema, na Zona Sul da capital fluminense, desde o dia 13 de maio, quando passou por uma cirurgia cardíaca.

Nascida em 15 de novembro de 1933, em Floresta, no estado de Pernambuco, Ilva iniciou a carreira nas artes cênicas na Escola Normal, quando participou de um curso de teatro grego ministrado por Ariano Suassuna.

Na década de 60, ela se mudou com o marido, o também ator Luiz Mendonça, para o Rio de Janeiro, onde a carreira como atriz ganhou projeção.

Após atuar nas peças O Berço do Herói e O Pagador de Promessas, de Dias Gomes, a atriz seguiu com o diretor para a Globo, onde fez diversos trabalhos como Verão Vermelho (1969), Bandeira 2, (1971), A Patota (1972), Gabriela, (1975), Pecado Capital (1975), Sem Lenço, sem Documento (1977), e Feijão Maravilha (1979).

Seu maior sucesso, porém, veio com Roque Santeiro, de 1985, quando interpretou a empregada doméstica Mina, confidente da viúva Porcina, que era interpretada pela atriz Regina Duarte.

– Uma pontinha de nada em Roque Santeiro, e a Mina não morreu nunca, até hoje todo mundo grita pela Mina na rua. Foi um grande sucesso, merecidamente um grande sucesso. Dias fez uma parte, depois Aguinaldo Silva pegou a outra parte e continuou o grande sucesso – disse Ilva Niño ao quadro Memória Globo.

Nas décadas seguintes, Ilva ainda fez outras obras de destaque, como Bebê a Bordo (1988), Pedra sobre Pedra (1992); Tropicaliente (1994), Suave Veneno (1999), Terra Nostra (1999), Porto dos Milagres (2001), Senhora do Destino (2004) e Sete Pecados (2007).

Fonte: Pleno News/Foto: Reprodução/TV Globo

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,900SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Prefeitura

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo