sexta-feira, julho 12, 2024
Desde 1876

Amália descobriu tumor durante tratamento para engravidar

A deputada federal Amália Barros (PL-MT) descobriu um tumor benigno no pâncreas enquanto fazia tratamento para engravidar. Ela e seu esposo, o empresário Thiago Boava, estavam juntos há 12 anos.

De acordo com Ananias Filho, presidente do PL no Mato Grosso e amigo próximo da deputada, a parlamentar pausou o processo de implantação do óvulo fecundado para tratar a doença. As informações são do Poder360.

A cirurgia de retirada do tumor foi inicialmente descartada, mas tornou-se necessária quando os medicamentos não apresentaram os resultados esperados. Segundo Filho, Amália enfrentou a situação com tranquilidade e determinação.

A deputada foi internada no dia 1º de maio e ficou 11 dias internada, passando por quatro procedimentos médicos. Infelizmente ela não resistiu.

O presidente do PL no Mato Grosso também declarou que ela tinha planos de estar com o filho em 2026, quando ela concorre à reeleição.

Em um vídeo compartilhado em seu Instagram, Thiago Boava falou sobre os planos do casal de terem filhos.

– Construímos uma casa que nunca vamos morar, sonhamos com filhos que nunca vamos ter. Sonhamos muitas coisas juntos que nunca vamos realizar. Você mudou muito a minha vida e eu sei que mudei a sua – declarou o viúvo bastante abatido.

O velório de Amália Barros começou neste domingo (11) na Prefeitura Municipal de Mogi Mirim, em São Paulo. Já o sepultamento ocorre nesta segunda-feira (13), às 11h, no Cemitério Municipal da Saudade, também na cidade de Mogi Mirim, onde a parlamentar nasceu.

Fonte: Pleno News/Foto: Instagram @thiagoboava

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,900SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Prefeitura

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo