domingo, julho 14, 2024
Desde 1876

Atleta da ginástica paraense é convocada para as Olimpíadas de Paris

A atleta de ginástica artística revelada no programa “Talentos Esportivos”, Andreza Lima, de  17 anos, foi convocada para as Olimpíadas de Paris, que começam no dia 26 de julho. O governo do Pará, por meio Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel), comemorou a notícia, no domingo (23), Dia Mundial do Desporto Olímpico e do Atleta Olímpico.

O Dia do Desporto Olímpico, e do Atleta Olímpico, homenageiam quem se dedica aos esportes e, também, marcam o aniversário de fundação do COI (Comitê Olímpico Internacional).

A secretária titular de Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel), Ana Paula Moraes da Cunha Alves, destacou a alegria de ver uma atleta fruto do programa do governo, conquistando o sonho de chegar numa olimpíada. “Estou emocionada com essa notícia, nós do governo do Estado, por meio da Seel, trabalhamos muito para levar apoio para todos esses atletas, e hoje estamos vendo um sonho de uma jovem e de toda a família, se tornar realidade”, disse a secretária.

A ginasta paraense convocada para as olimpíadas, fala da realização de um sonho. “Feliz e realizada, sentimento que o trabalho está em construção a cada dia. Comemorar o Dia do Atleta Olímpico com a convocação, a emoção vai a mil”, disse Andreza.

Natural de Belém, Andreza vinha sendo cotada para a tão sonhada vaga para as olimpíadas, e na noite de hoje, a Confederação Brasileira de Ginástica (CBG), fez o anúncio oficial com os nomes representantes do país, e o nome da paraense apareceu na lista de reservas para representar o país, na França.

A mãe da convocada, a farmacêutica Flávia Lima, ressalta a emoção de ver o nome da filha na lista dos selecionados para defender a bandeira verde e amarela. “Realização de um sonho. O sentimento de gratidão e esperança que muitas coisas boas estão por vir”, disse Flávia.

A farmacêutica falou da trajetória da família. “O sentimento é de gratidão e orgulho, por Deus ter me dado coragem para seguir o sonho de uma menina de 10 anos e largar tudo aí, em Belém, e, isso inclui família e amigos. Vir para cá com apenas quatro malas e um sonho para o Rio Grande do Sul”, concluiu a mãe.

“Andreza conheceu a ginástica com 7 anos, através de um vídeo da Dayane dos Santos no YouTube. Correu para me mostrar e disse que queria fazer aquilo. Começou a fazer alguns elementos olhando os vídeos. Na época, eu não fazia ideia de onde tinha ginástica em Belém, até que uma amiga minha comentou que tinha um Programa do Governo do Pará, chamado “Talentos Esportivos”, e tinha ginástica, no campus da Universidade do Estado do Pará (UEPA), na João Paulo, onde funcionava o programa comandado pelo professor Ulisses Lima”, recordou Flávia Lima.

Ela contou, ainda, que, Andreza iniciou a sua trajetória em 2015 na ginástica, com o apoio do governo do Pará, “e foi se destacando nas competições estaduais e nacionais, com títulos. Até que em umas das viagens conhecemos a Adriana Alves, que hoje é a treinadora dela, onde tivemos a oportunidade de vir para o Rio Grande do Sul, pelo Grêmio Náutico União (GNU), em 2018, ela ficou no “Talentos Esportivos” dos 7 anos até 10 anos. O clube recebeu a minha filha de braços abertos. Sou muito grata pelo acolhimento e também por acreditarem no potencial dela. Os treinadores dela, Kiko e Adriana são os mesmos que treinaram a atleta que é referência para Andreza, Dayane dos Santos”, afirmou a mãe, Flávia Lima.

Imagem: Jessé Lima/SEEL

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,900SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Prefeitura

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo