quarta-feira, maio 29, 2024
Desde 1876

Governo do Pará fortalece acesso de pessoas com deficiência a serviços e direitos

Políticas públicas de acolhimento psicossocial, incentivo à inserção ao mercado de trabalho, a programas de habitação como o ‘Sua Casa’, à qualificação de órgãos para melhor atendimento à pessoa com deficiência e à promoção de serviços de saúde estão entre as principais frentes de trabalho do Centro Integrado de Inclusão e Cidadania (CIIC), vinculado à Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster) do Governo do Pará.

“Nosso atendimento é de portas abertas, sem ser necessário encaminhamento prévio. Pessoas com deficiência ou familiares que vêm em busca de serviços, são acolhidos pelo serviço de assistência social, para entender um pouco qual a necessidade e fazer o devido encaminhamento. Nos últimos anos, houve um avanço muito grande em relação a políticas públicas para pessoas com deficiência. E, cada vez mais, atendemos com mais preparo e sempre com todo respeito”, destaca Felipe Bordalo, coordenador do CIIC. 

ATENDIMENTO – Há mais de 11 anos, Denilson Trindade, que é filho de Osmarina Pacheco e possui déficit cognitivo, realiza tratamento odontológico no posto da Secretaria de Estado da Saúde do Pará (Sespa), dentro do próprio CIIC. “Ao longo de todos esses anos, sempre trataram meu filho com todo cuidado. Ele é muito bem atendido, tanto pelas dentistas, como pela fonoaudióloga, médicas, psicólogas e assistente social. Ele vem, pelo menos, três vezes ao ano, para o controle do tratamento dos dentes, que mantém ele muito bem”, conta.

A dona de casa, Irani Maria, leva, há dois anos, o filho José Marcos, 8 anos, com transtorno do espectro autista (TEA) para atendimento no CIIC. Atualmente, ele faz tratamento com a fonoaudióloga e a mãe conta que, em pouco tempo, já viu a evolução da criança. “O vocabulário dele era bem restrito e com as dicas da fono, os exercícios e os deveres de casa que ela faz, ele apresenta um ótimo desenvolvimento na fala. Ele já consegue formar frases longas e se expressar bem melhor. Ele adora vir aqui, que é sempre muito organizado e sem aglomeração”, pontua. 

LIBRAS – O CIIC, por meio da Central de Libras do Pará (Cilpa), realiza oficinas de conhecimentos básicos de Libras para representantes de empresas parceiras do Sistema Nacional de Emprego (Sine), com o intuito de estimular empresas de diferentes segmentos à criação de estratégias de inclusão no mercado de trabalho para o público surdo. 

EMPREGO – Por meio de um posto do Sistema Nacional de Emprego (Sine), no CIIC, os usuários tem a possibilidade de consultar oportunidades e ser encaminhados diariamente às entrevistas, o que fortalece o acesso de pessoas com deficiência ao mercado de trabalho no Pará. 

Assistente administrativo há dois anos do setor Sine, no CIIC, Renan Caldeira, que é surdo, ajuda na missão de minimizar as barreiras de comunicação de deficientes auditivos e surdos por meio do seu trabalho. “Faço a divulgação das vagas disponíveis de empresas parceiras e consigo atender pessoas surdas e também ouvintes. Tenho responsabilidade por essa comunicação, explicar para que pessoas com deficiência entendam e esse atendimento faz a diferença. Queremos que em todos os lugares tenham pessoas preparadas para nos atender”, finaliza. 

SERVIÇO – Centro Integrado de Inclusão e Cidadania (CIIC) funciona na Av. Almirante Barroso, nº 1765 (entre as travessas Angustura e Barão do Triunfo), no bairro do Marco, em Belém.

Fonte: Agência Pará/Foto: Augusto Miranda/Ag Pará

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,800SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Prefeitura
Banpara

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo