quinta-feira, maio 30, 2024
Desde 1876

Paysandu está na final da Copa Verde após vencer o Clube do Remo por 4 a 3 na cobrança de pênaltis no Mangueirão

Paysandu e Clube do Remo fizeram o terceiro RE-PA da temporada, valendo, na noite desta quarta-feira, 10, vaga na final da Copa Verde 2024. As duas equipes estavam empatadas em 0 a 0 no primeiro jogo, ocorrido há uma semana e, hoje, haveria de ter um vencedor. Os dois clubes partiram para o ataque e jogaram aguerridamente até os 57 minutos do segundo tempo, empatando, desta feita, em 1 a 1, com gols de Bryan Borges e Bruno Bispo. O Papão da Curuzu, nesta altura do campeonato, estava com dois jogadores a menos, após dois cartões vermelhos. Jogo encerrado e cobrança de penalidades, onde o Paysandu teve mais competência e vai disputar a final da Copa Verde, provavelmente em junho com o vencedor de Vila Nova e Cuiabá.

Na cobrança de pênaltis ocorreu o seguinte: Nícolas perdeu o primeiro para o Bicola; Pavani faturou o primeiro gol para o Leão Azul; João Vieira fez o primeiro do Papão; Silas chutou na trave e perdeu o gol no lado remista. Tudo empatado. Ruan Ribeiro fez o segundo do Papão; Icaro faturou para o Leão; Jean Dias faturou mais um para o Paysandu; Filipinho chutou forte e marcou para o Leão; Val Soares faturou o último para o Papão e a responsabilidade ficou por conta de Janderson, do Remo, que bateu e a bola foi segurada pelo goleiro bicolor. Final: Papão 4, Remo 3.

A partida teve todas as suas emoções levadas ao ar pela equipe Titulares do Esporte da Super Rádio Marajoara AM-1.130, em cadeia com a Rede Marajoara de Comunicação e jornal A Província do Pará, com patrocínio do sempre Avistão, 52 anos vendendo mais barato na esquina da economia (Senador Manoel Barata com Padre Eutíquio, no centro comercial de Belém). As empresas são da holding do Grupo Carlos Santos, o Amigo do Povo.

JOGO MOVIMENTADO

As duas equipes entraram em campo para o jogo que é considerado como um dos melhores RE-PA já visto no Estádio Olímpico do Pará Jornalista Edgar Proença, o Mangueirão, que estava sem suas torcidas organizadas. Do lado do Remo havia uma faixa mostrando o luto pela morte do torcedor azulino ocorrida no último domingo, 07, após o jogo entre Remo e Paysandu valendo pela final do Campeonato Paraense.

As equipes entraram de igual para igual e o combate começou com lances técnicos de ambos os lados. Cada equipe buscava a vitória para disputar a vaga na final com o vencedor de Vila Nova e Cuiabá.

Na reta final, o Paysandu já estava no desespero. Dois jogadores foram expulsos. Mesmo assim, os bicolores conseguiram segurar a desvantagem diante do Leão, levando a partida para a cobrança de penalidades.

PRÓXIMO RE-PA

Domingo, 14, as duas equipes fazem o último RE-PA da temporada, desta feita, valendo o título de Campeão Paraense de Futebol Profissional – Parazão 2024. O Leão vai ao gramado do Mangueirão em desvantagem, haja vista ter perdido a primeira partida pelo placar de 2 a 0. Precisa vencer por 3 gols ou mais para ficar com o título. Em caso de empate, uma nova disputa na cobrança de pênaltis, muita emoção para as duas maiores torcidas do Norte do Brasil. (Reportagem: Roberto Barbosa/Edição: Nazaré Sarmento)

Imagens: Samara Miranda/Agência Remo/Jorge Luís Totti/Agência Paysandu

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,800SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Prefeitura
Banpara

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo