sexta-feira, maio 24, 2024
Desde 1876

RS: Ciclone extratropical pode agravar situação do estado

Um ciclone extratropical formado perto da costa da Argentina pode agravar a situação no Rio Grande do Sul, que sofre com enchentes severas. Embora o ciclone em questão não vá passar pelo estado, ele promoverá uma nova frente fria no território gaúcho, favorecendo a ocorrência de ventos fortes, chuvas e alagamentos.

De acordo com informações do Climatempo, em algumas cidades, são esperados temporais com volumes de mais de 100 milímetros. O tempo chuvoso deve permanecer até o próximo domingo (12), com mais intensidade nesta quinta-feira (9).

Conforme meteorologistas consultados pelo portal G1, o vento está soprando no mesmo sentido da correnteza, o que ajuda no escoamento das áreas alagadas. Entretanto, com o advento da nova frente fria e chuvas, ele mudará de direção, dificultando o escoamento.

O fenômeno que se originou na Argentina afetará, nesta quarta (8), principalmente o sul do estado, região do escoamento da Lagoa dos Patos – que contribui para o aumento da água do rio Guaíba. A partir de quinta, a frente fria se direcionará para a metade norte, onde há a cabeceira dos rios que correm pelo estado.

A catástrofe climática só deve ser amenizada após o fim do bloqueio atmosférico, fenômeno que forma um tipo de paredão que impede que as nuvens se espalhem para outras regiões do país, fazendo com que fiquem concentradas sobre o Sul.

AJUDE O RIO GRANDE DO SUL
Com mais de 70% de seu território afetado pela calamidade climática, o estado sulista sofre com severos estragos, e sua ajuda é fundamental para que as vítimas possam recomeçar suas vidas. Uma das formas de fazer doações é o financiamento coletivo criado pelo influenciador Badin, o Colono. Acesse enchentes@vakinha.com.br e deixe sua contribuição!

Fonte: Pleno News/Foto: EFE/ Isaac Fontana

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,800SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Prefeitura
Banpara

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo