domingo, maio 19, 2024
Desde 1876

Corinthians e Fortaleza não saem do 0 a 0 na Neo Química Arena

Corinthians e Fortaleza não saíram do 0 a 0 ontem, sábado, 04, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. Na Neo Química Arena, Corinthians e Fortaleza criaram bastante e tiveram goleiros inspirados defendendo as respectivas metas e mantendo o zero no placar.

O resultado não foi o ideal para nenhuma das duas equipes. Com apenas um ponto conquistado, o Fortaleza chegou aos seis pontos e o Corinthians aos cinco, estacionando no meio da tabela. Pelo lado do Leão do Pici, foram três milagres de João Ricardo, contando também com a ajuda da trave. O Corinthians, por sua vez, teve um Carlos Miguel operando um verdadeiro milagre já nos minutos finais da partida.

Agora as equipes viram a chave para Copa Sul-Americana que acontece no meio da próxima semana. O Corinthians enfrenta o Nacional-PARí, fora de casa, na terça-feira (7), o Fortaleza também joga como visitante, mas contra o Nacional Potosí na quarta-feira (8).

MANTO NOVO

O Corinthians realizou uma série de ações publicitárias na partida diante do Fortaleza. O foco total ficou no novo uniforme II a equipe, inteiramente preto, que faz parte de campanha de combate ao racismo no Brasil.

Para além da tonalidade em blecaute do novo uniforme, o clube ainda promoveu outros elementos colaboradores com o tema. As bandeirinhas de escanteio foram inteiramente pintadas de preto, além do apagar de luzes do estádio pouco antes da bola rolar.

COISA VELHA

Quando ainda jogador do Palmeiras, Breno Lopes ficou marcado também por um gol perdido em um Dérbi diante do Corinthians, em 2023. Na ocasião, com o gol aberto para marcar, o atacante pegou mal na bola e acabou chutando nas mãos de Cássio.

Agora, pelo Fortaleza, Breno Lopes teve a oportunidade de deixar para trás o momento negativo em sua carreira. Cara a cara com o goleiro corintiano, desta vez, Carlos Miguel, o atacante percorreu sozinho quase todo o campo de ataque e bateu colocado, para fora.

SALVAÇÃO

Se por um lado Breno Lopes perdeu o que seria o primeiro gol do Fortaleza, por outro, João Ricardo salvou a equipe de levar o primeiro gol. O goleiro tricolor fez milagre em lance à queima roupa, em momento delicado do Leão na partida.

A jogada começou pelo lado esquerdo, com Wesley, que trouxe para o meio e cruzou para a grande área com perfeição. Livre, Raniele subiu e testou com força, no contrapé de João Ricardo, que esticou o braço e evitou a bola na rede.

DESFALQUE

O volante Raniele será desfalque do Corinthians no próximo jogo do Brasileirão, contra o Flamengo. Punido com o terceiro cartão amarelo diante do Fortaleza, ele cumprirá suspensão automática no jogo do próximo sábado (11).

No lance, Raniele parou um contra-ataque do Leão com falta sobre Yago Pikachu. Ao se deparar com a advertência, o jogador lamentou efusivamente.

SACRIFÍCIO

A Neo Química Arena estranhou quando o quarto árbitro indicou uma substituição no Corinthians. Mesmo quando a equipe ainda buscava o gol, o técnico António Oliveira sacou o atacante Gustavo Mosquito e colocou o lateral Matheuzinho.

A explicação se dá pela condição prévia do jogador de ataque. De acordo com a comunicação do Corinthians, Mosquito passou o dia com uma virose e foi para o jogo “no sacrifício”, longe de suas condições normais de atuar.

NÃO!

Em bela jogada trabalhada pelo Corinthians no lado esquerdo, Hugo ficou próximo de marcar o primeiro gol alvinegro na partida. Cara a cara com João Ricardo, o lateral-esquerdo acabou acertando a trave.

A jogada teve grande protagonismo de Rodrigo Garro, principal nome do meio-campo alvinegro na partida. Com espaço, ele deixou Hugo cara a cara com o goleiro adversário, que ainda defendeu o arremate antes da bola explodir no poste.

Em um segundo tempo com melhor desempenho do Fortaleza, o goleiro Carlos Miguel precisou trabalhar. O goleiro corintiano fez um verdadeiro milagre, em lance cara a cara com Moisés, quando a partida já se encaminhava aos minutos finais.

Moisés conduziu pelo lado esquerdo e deu drible ao melhor estilo “futsal”, deixando dois marcadores para trás e ficando cara a cara com Carlos Miguel. Ele bateu com força, mas viu o goleiro corintiano operar um milagre à queima roupa. Imagem: Reprodução/Fonte: CNN Brasil

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,700SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Prefeitura
Banpara

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo