sexta-feira, junho 14, 2024
Desde 1876

Editora Pública da Ioepa destaca livros de autores paraenses no Dia Mundial da Poesia

No Dia Mundial da Poesia, a Imprensa Oficial do Estado do Pará (Ioepa) traz indicações de obras escritas por autores paraenses publicadas pela Editora Pública Dalcídio Jurandir. A data foi escolhida na XXX Conferência Geral da Unesco, realizada em 1999, com o objetivo de comemorar uma arte que une países e ultrapassa séculos possibilitando a divulgação de poetas da atualidade.

A obra “Rio em Nós” traz um compilado de escritos das vivências de oito mulheres, mestras em Letras, abordando os mais diversos temas relacionados aos rios. Maria Helena Viana, uma das autoras, reconhece a importância da poesia para a sociedade como uma oportunidade de a arte preencher a vida.

“A poesia vem para amenizar as mudanças da vida, para ser aquele bálsamo para aliviar nossas dores e para nos fazer acreditar que é possível um mundo melhor”, acrescentou. O livro “Antologia Poética” faz parte do I Edital Literário Prêmio Dalcídio Jurandir e nas suas 80 páginas reúne poesias de diversos autores paraenses vencedores do prêmio, bem como abrangendo vários temas.

A obra foi lançada em 2021, na 23ª Feira Pan-Amazônica do Livro e das Multivozes, em Belém.

A obra “Antônio Juraci Siqueira – Obras Reunidas” reúne cinco volumes sobre a literatura produzida pelo escritor e lançada na 25ª Feira Pan-Amazônica do Livro e das Multivozes, em Belém. Segundo o autor, é necessário divulgar a poesia para o enriquecimento do ser humano. “É importante divulgar a poesia ou outro gênero literário porque ninguém ama o que não conhece e, tampouco, defende o que não ama. Esse é o tripé: conhecer para amar e amar para defender. A poesia não muda o mundo, quem muda o mundo é o homem,  a poesia só muda o homem”, afirmou o poeta.

Para o presidente da Ioepa, Jorge Panzera, ao publicar e divulgar os livros de poesia do acervo da Editora Pública há uma reafirmação do compromisso de valorizar os poetas paraenses. “Para a Editora, publicar livros de autores e autoras que tragam poesias de expressão amazônica é uma referência para divulgação e conhecimento da sociedade paraense”, explicou.

A Editora Pública Dalcídio Jurandir ainda conta com outros livros de poetas paraenses em seu acervo, disponíveis para aquisição do público leitor na sede da Ioepa, na Travessa do Chaco, 2271, no bairro do Marco, em Belém, das 8h às 14h.

Com informações de Viviane Tamyres

Fonte: Agência Pará/Foto: Divulgação

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,800SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Prefeitura
Banpara

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo