quarta-feira, maio 22, 2024
Desde 1876

Musk afirma que seus funcionários do X no Brasil foram informados que seriam presos

Em uma série de tuítes e respostas em sua rede social, o XElon Musk, afirmou que seus funcionários no Brasil foram informados de que seriam presos. Ele fez o comentário após uma postagem do deputado federal Nikolas Ferreira (PL-MG).

O dono da rede social X, antigo Twitter, tem ameaçado descumprir determinações judiciais impostas pela Justiça brasileira e feito declarações duras contra Alexandre de Moraes, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF).

Na noite de segunda-feira (8/4), ele afirmou que Moraes é um “ditador brutal” e que o magistrado tem o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na “coleira”.

O deputado Nikolas Ferreira, então, postou uma mensagem pedindo mais informações sobre essas declarações do dono do X.

“Elon disse que Alexandre está com Lula na coleira e que colocou o dedo na balança para elegê-lo. Como membro do Congresso brasileiro e representando milhões de pessoas, peço que nos dê mais informações. Isto será crucial para o futuro do nosso país, @elonmusk”, postou o parlamentar.

Na resposta, o empresário enfatizou sua preocupação com os funcionários da rede social que trabalham no Brasil.

“Precisamos levar nossos funcionários no Brasil para um local seguro ou que não estejam em posição de responsabilidade, então faremos um dump completo de dados,” escreveu, referindo-se ao termo “dump”, que pode significar a transferência de informações digitais de um lugar para outro.

Além disso, ele declarou que “eles foram informados de que seriam presos”, embora não tenha apresentado provas.

Fonte: Terra Brasil Notícias/Foto: Jonathan Newton/The Washington Post/Getty Images

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,800SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Prefeitura
Banpara

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo