quarta-feira, maio 29, 2024
Desde 1876

Empregada de Renato Aragão vai à justiça por carga horária excessiva

Uma ex-funcionária de uma família conhecida entrou com uma ação judicial contra a esposa do humorista, reivindicando o pagamento de horas extras e outras compensações devidas após o término do emprego. A advogada da ex-funcionária argumenta que o caso envolve o reconhecimento de um vínculo empregatício formal e alega que a carga horária de trabalho era excessiva.

Segundo a advogada, a ex-funcionária trabalhava 15 dias consecutivos, das 8h às 20h, com duas horas de almoço, e sem folgas. Durante esses dias, ela residia na casa dos empregadores. Nos outros 15 dias do mês, seu trabalho se limitava a três dias da semana.

A ex-funcionária, que prestou serviços entre março e dezembro de 2023, afirma que não teve sua carteira de trabalho assinada e que recebia um salário mensal de R$ 2 mil, atuando em múltiplas funções domésticas.

Ela busca na justiça o valor de R$ 19.351, correspondente a contribuições previdenciárias, aviso prévio, FGTS, férias proporcionais, horas extras, multas e descanso semanal remunerado. A primeira audiência foi adiada, e uma nova data será definida pela Justiça do Trabalho do Rio de Janeiro.

Fonte: Terra Brasil Notícias/Foto: Reprodução/Instagram/@lilianaragaooficial

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,800SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Prefeitura
Banpara

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo