domingo, julho 21, 2024
Desde 1876

Empresários da indústria conhecem as vantagens do Programa Brasil Mais Produtivo

Empresários paraenses participaram ontem, quarta-feira, 03, na sede da Federação das Indústrias do Estado do Pará – FIEPA, de um encontro sobre o Programa Brasil Mais Produtivo, voltado para elevar a produtividade e promover a transformação digital das micro, pequenas e médias empresas industriais. O roadshow do Brasil Mais Produtivo foi promovido pela Federação, Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial – Senai e o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – Sebrae, e contou tanto com esclarecimentos sobre o programa e suas ferramentas, quanto com a apresentação de cases de empresas que já vêm participando da iniciativa.

O empresário Leodoro Porto, que produz a conhecida cachaça de jambu Meu Garoto, produto que nasceu em Belém e hoje também conta com uma loja no Maranhão, explica que o trabalho na fábrica ainda é, em parte, artesanal e a expectativa é que esse maior conhecimento e acesso à tecnologia proporcionados pelo Programa contribuam para a empresa aumentar significativamente a produção. “Eu vi que o programa oferece bastante coisa e é por isso que eu acredito que vamos ter ferramentas para produzir mais. Atualmente, a nossa produção é de, em média, 6 mil litros de cachaça, divididos em embalagens diferentes de 50 ml, 275 ml, 500 ml e 700 ml. Então, a nossa expectativa é triplicar a produção”, explica.

Ao participar do programa Brasil Mais Produtivo, as micro e pequenas empresas terão acesso, gratuitamente, a conhecimentos e ferramentas que incluem planejamento de gestão e adoção de melhores práticas de produtividade e gestão do negócio, realização de consultorias (Manufatura Enxuta) e Eficiência Energética, combinadas com o aperfeiçoamento da força de trabalho.

A especialista em Desenvolvimento Industrial do SENAI Nacional, Rangélia Coelho, explica que o Programa foi planejado para ofertar uma jornada completa aos participantes. “O que nós queremos agora é ampliar ainda mais o engajamento desses empresários na plataforma de produtividade, que é a porta de entrada para o programa, onde, além dos produtos do Brasil Mais Produtivo, eles têm acesso também a outros cases, ferramentas, cursos, todos voltados à ampliação da produtividade e transformação digital”, reforça.

PARCEIROS

Coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC), o Programa B+P conta com a parceria do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) e da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii), que se unem à Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) e aos executores do programa, SENAI e SEBRAE.

O diretor-superintendente do SEBRAE Pará, Rubens Magno, destaca a importância do B+P para a pequena indústria. “O que a gente quer fazer é, com o nosso papel, ajudar a todos os parceiros, que são orientados e dirigidos nesse programa pelo SENAI, a fazer com que a indústria do nosso estado cada vez mais se fortaleça”, ressalta.

Dário Lemos, diretor regional do SENAI, que também representou o presidente da FIEPA, Alex Carvalho, no evento, ressalta a determinação de todos os parceiros em contribuir para o desenvolvimento das empresas participantes. “Este é um momento ímpar. Esse programa é muito importante porque aumentando a produtividade e diminuindo o custo do empresariado da indústria, a gente aumenta também a capacidade de geração de emprego e a capacidade de geração de renda”, ressalta.

COMO PARTICIPAR

A porta de entrada do Brasil Mais Produtivo é a Plataforma de Produtividade, que pode ser acessada pelo site: https://www.plataformaprodutividade.com.br/. O programa vai destinar R$ 2 bilhões para o engajamento de 200 mil empresas brasileiras até 2027, com atendimento direto a 93 mil. No Pará, a expectativa é chegar a um total de 96 empresas atendidas até o final de 2024.

Fonte e imagem: FIEPA

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,900SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Prefeitura

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo