sexta-feira, junho 14, 2024
Desde 1876

Equipes policiais da Base Antônio Lemos apreendem duas armas e prendem suspeitos por crime de ameaça

Na tarde desta sexta-feira, 17, equipes de policiais que atuam na Base Fluvial Integrada de Antônio Lemos, instalada no município de Breves, realizaram a prisão de dois homens por ameaça, posse e porte ilegal de armas. A ação faz parte das atividades integradas executadas na Base Fluvial, coordenada pela Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Segup).

“As ações de patrulhamento fluvial realizadas nos furos e rios adjacentes à Base de Antônio Lemos tem determinado resultados  muito positivos para segurança pública na região. As equipes polícias vem atuando diariamente e coibindo crimes que antes eram comuns nas localidades. Hoje foi efetuada mais uma apreensão de armas e a prisão de dois suspeitos que estavam cometendo crimes contra os moradores da região, além de crimes contra o meio ambiente. Essa ostensividade mostra eficiência trabalhando desempenhado diariamente para inibir e coibir os atos criminosos”, disse o secretário de Segurança Pública e Defesa Social em exercício, Luciano de Oliveira.

Diligência – As equipes, em diligências para atendimento a uma ocorrência registrada na Base Integrada de Antônio Lemos, levou a prisão de dois suspeitos de ameaçar uma moradora da região, após quebrar um motor de embaraço de propriedade da vítima, que vinha sofrendo ameaça por parte dos envolvidos. Durante a ação, as equipes foram até as residências dos investigados e apreendeu duas espingarda, uma de calibre 20, e a outra de calibre 28, além de uma moto serra. Os homens foram conduzidos até a Base de Antonio Lemos para o registro dos procedimentos legais cabíveis e posteriormente serão conduzidos para a unidade policial da cidade de Breves. Os homens irão responder por crimes de posse e porte ilegal de armas, além de ameaça e crime ambiental.

“Essa ação contou totalmente com a operacionalidade da Base Integrada Fluvial, onde a ocorrência foi registrada e posteriormente as equipes realizaram as diligências que levaram à prisão dos suspeitos que vinham cometendo crimes contra os moradores. Esse fato nos mostra o quão eficaz e eficiente é a nossa estratégia em resguardar os rios e garantir segurança aos ribeirinhos da região do Marajó”, analisou Luciano de Oliveira.

Fonte: Agência Pará/Foto: Divulgação

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,800SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Prefeitura
Banpara

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo