quarta-feira, maio 29, 2024
Desde 1876

Estado estimula autonomia financeira de mulheres em vulnerabilidade social

Sem precisar sair de casa, apenas pelo aplicativo, a dona de casa Neriane Ribeiro, no município de Ponta de Pedras, no Arquipélago do Marajó, se inscreveu no curso de corte e costura oferecido pelo Projeto “Entre Elas”. “Foi uma experiência incrível. Contribuiu muito para o meu crescimento profissional, porque aquilo que eu não sabia. Eu aprendi no curso”, compartilhou Neriane, que tem duas filhas e queria trabalhar em casa para ficar perto das meninas.

Além da capacitação, ela aprendeu a investir para ampliar o pequeno negócio e complementar a renda familiar. “O ‘Entre Elas’ me proporcionou um empréstimo do CredCidadão. Com esse empréstimo eu melhorei o meu investimento, minhas costuras. Meu marido é pescador e trabalha com açaí. O curso ajuda a aumentar a renda da família”, afirmou.

Desenvolvido pela Fundação ParáPaz, o Projeto “Entre Elas” atende mulheres em situação de violência de gênero e/ou vulnerabilidade social, levando educação, garantindo direitos e capacitação em vários municípios.

Múltiplos serviços – Desde 2021, foram atendidas mais de 33 mil mulheres com acolhimento social, orientação jurídica, banco de currículo e curso de corte e costura. Entre outros serviços, elas também foram beneficiadas pelas parcerias com os programas do governo do Estado “Sua Casa”, de melhoria habitacional, e CredCidadão, que apoia microempreendedores; agendamento para consultas na área de saúde; encaminhamentos para cursos nas UsiPaz e Unidade Social Profissional ParáPaz e emissão de carteira de identidade no Posto de Identificação ParáPaz.

“A equipe técnica do ‘Entre Elas’ desenvolve iniciativas para possibilitar a emancipação das assistidas, seja no mercado de trabalho e em qualquer espaço de ocupação da mulher paraense. O desenvolvimento de palestras e cursos de capacitação, como auxiliar administrativo, maquiagem básica, limpeza de pele, design de sobrancelha e corte e costura, tem como foco a promoção da autonomia financeira e geração de emprego e renda para mulheres em situação de violência de gênero e/ou vulnerabilidade”, destaca Micaely Carneiro, assistente social do Projeto, que atualmente conta com 20 redes ativas do curso de corte e costura, na Região Metropolitana de Belém e em outros municípios.

Serviço: Mais informações sobre o Projeto “Entre Elas” são obtidas pelo telefone (91) 98510-8599.

Fonte: Agência Pará/Foto: Lucas Dias/Nucom Seac

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,800SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Prefeitura
Banpara

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo