segunda-feira, junho 17, 2024
Desde 1876

Mauro Cid volta à Polícia Federal para novo depoimento

O tenente coronel Mauro Cid, ex-ajudante de ordens do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), deve comparecer à sede da Polícia Federal (PF) em Brasília na próxima segunda-feira (11) para prestar um novo depoimento sobre sua colaboração premiada.

A oitiva ocorre após a abertura da fase ostensiva da Operação Tempus Veritatis – apuração sobre uma suposta tentativa de golpe de Estado – e a tomada de depoimento de uma série de investigados e pessoas de interesse para o inquérito.

Intimado, o ex-chefe do Executivo se calou diante dos investigadores. De outro lado, o ex-comandante do Exército General Freire Gomes confirmou à PF ter participado de reuniões, nas quais teria sido discutida uma “minuta de golpe”.

Segundo o inquérito, a minuta do decreto sob análise da cúpula do governo Bolsonaro previa não só novas eleições após a vitória do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nas urnas, mas a prisão dos ministros Gilmar Mendes e Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), e do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG).

A indicação consta de mensagens encontradas no celular de Mauro Cid.

*AE

Fonte: Pleno News/Foto: Lula Marques/ Agência Brasil

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,800SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Prefeitura
Banpara

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo