segunda-feira, junho 17, 2024
Desde 1876

Morre o ator Louis Gossett Jr., aos 87 anos, na Califórnia

O ator Louis Gossett Jr. morreu aos 87 anos. O sobrinho de Gossett disse à Associated Press que o artista morreu na noite desta quinta-feira (29) em Santa Monica, Califórnia (EUA). A causa da morte não foi revelada.

Gossett sempre pensou em seu início de carreira como uma história tipo “Cinderela ao contrário”, com o sucesso encontrando-o desde cedo e impulsionando-o para frente, rumo ao Oscar por Um Oficial e um Cavalheiro. Ele ganhou seu primeiro crédito como ator na produção de You Can’t Take It with You em sua escola no Brooklyn, enquanto estava afastado do time de basquete devido a uma lesão.

– Fiquei fisgado – e meu público também – escreveu ele em seu livro de memórias de 2010, An Actor and a Gentleman.

– Eu sabia muito pouco para ficar nervoso. Em retrospecto, eu deveria ter morrido de medo ao subir naquele palco, mas não estava – escreveu Gossett, que é lembrado como o primeiro ator negro a ganhar um Oscar de ator coadjuvante e um Emmy por seu papel na minissérie de TV Roots.

Gossett frequentou a Universidade de Nova Iorque com uma bolsa de basquete e teatro. Ele logo esteve presente e cantando em programas de TV apresentados por David Susskind, Ed Sullivan, Red Buttons, Merv Griffin, Jack Paar e Steve Allen.

Gossett tornou-se amigo de James Dean e trabalhou com Marilyn Monroe, Martin Landau e Steve McQueen em uma ramificação do Actors Studio ministrado por Frank Silvera.

Gossett foi a Hollywood pela primeira vez em 1961 para fazer a versão cinematográfica de A Raisin in the Sun.

Gossett fez uma série de participações especiais em programas como Bonanza, The Rockford Files, The Mod Squad, McCloud e uma participação memorável com Richard Pryor em The Partridge Family.

Em agosto de 1969, Gossett estava festejando com membros do Mamas and the Papas quando foram convidados para a casa da atriz Sharon Tate. Ele foi para casa primeiro para tomar banho e trocar de roupa. Quando se preparava para sair, ele viu uma notícia na TV sobre o assassinato de Tate. Ela e outras pessoas foram mortas por associados de Charles Manson naquela noite.

– Tinha que haver uma razão para eu escapar dessa bala – escreveu ele.

Louis Cameron Gossett nasceu em 27 de maio de 1936, no bairro de Coney Island, no Brooklyn, Nova Iorque, filho de Louis Sr., porteiro, e Hellen, enfermeira. Mais tarde, ele adicionou Jr. ao seu nome para homenagear seu pai.

Gossett lutou contra o vício em álcool e cocaína durante anos após sua vitória no Oscar. Ele foi para a reabilitação, onde foi diagnosticado com síndrome do mofo tóxico, que atribuiu à sua casa em Malibu. Em 2010, Gossett anunciou que tinha câncer de próstata, que ele disse ter sido detectado nos estágios iniciais Em 2020, ele foi hospitalizado com Covid-19.

O ator deixa os filhos Satie, produtor-diretor fruto de seu segundo casamento, e Sharron, que ele adotou após ver o menino de 7 anos em um segmento de TV sobre crianças em situações desesperadoras. O ator Robert Gossett é seu primo.

O primeiro casamento de Gossett com Hattie Glascoe foi anulado. O segundo, com Christina Mangosing, terminou em divórcio em 1975, assim como o terceiro, com Cyndi James-Reese, em 1992.

*AE

Fonte: Pleno News/Foto: EFE/ANDREW GOMBERT

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,800SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Prefeitura
Banpara

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo