quarta-feira, maio 29, 2024
Desde 1876

MST manda recado a Lula e seus ministros de governo “Vamos incendiar o agro no Brasil”

O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) deu início à sua campanha anual “Abril Vermelho” com invasões coordenadas de propriedades rurais em dez estados do Brasil, incluindo o Pará, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Goiás, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, São Paulo e Sergipe. As ações, que ocorreram entre domingo e ontem, segunda-feira, 15, visam pressionar o governo Lula por melhorias nas políticas de reforma agrária.

Agricultores afetados relataram uma intensificação da violência e ameaças durante os ataques, refletindo a estratégia do MST de chamar a atenção para suas demandas.

Conforme informações atualizadas pelo próprio MST, uma das ocupações aconteceu no Planalto Central, onde cerca de mil famílias tomaram posse de uma área de 8 mil hectares da inativa usina CBB, em Vila Boa de Goiás. Esta ocupação ocorre em um momento crítico, coincidindo com uma reunião programada entre o presidente Lula e o Ministro do Desenvolvimento Agrário, Paulo Teixeira, onde questões urgentes, como a desapropriação de terras, estão na pauta.

Em resposta à crescente pressão do movimento, o governo anunciou que planeja lançar o programa “Terra da Gente”. Este novo plano tem como objetivo alocar áreas especificamente para reforma agrária, beneficiando pequenos agricultores e integrantes do MST, numa tentativa de mitigar as tensões e atender às exigências de distribuição de terra mais justa.

Imagem: Reprodução

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,800SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Prefeitura
Banpara

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo