quarta-feira, abril 17, 2024
Desde 1876

Paysandu goleia o Manaus e vai ter RE-PA nas semifinais da Copa Verde

O Paysandu encarou pra valer a equipe do Manaus pelas quartas de final da Copa Verde na tarde deste domingo, 24. Era um duelo bastante difícil, dado que no jogo de ida, na capital do Estado do Amazonas, na Arena Amazônica, o Papão havia perdido para os donos da casa. Um empate, aqui, levaria as duas equipes à cobrança de penalidades, mas o artilheiro Nicolas decidiu o jogo e acabou com o sofrimento da Fiel, que estava tensa, já que o clube paraense entrou em campo em desvantagem e sofreu o primeiro gol, deixando todos em silêncio no Estádio Leônidas Sodré de Castro, a Curuzu. No final, as orações valeram à pena, pois o Bicola venceu a batalha pelo placar de 4 a 1.

Agora, vai acontecer o que a torcida paraense queria: Dois duelos entre os maiores rivais do Norte, Clube do Remo e Paysandu, na decisão de uma das duas vagas na final da Copa Verde. As equipes se enfrentam por um certame de nível nacional.

O jogo desta tarde, claro que teve a cobertura lance a lance da Super Rádio Marajoara AM-1.130, em cadeia com a Rede Marajoara de Comunicação e jornal A Província do Pará , com patrocínio do Avistão, 52 anos vendendo mais barato na esquina da economia (Senador Manoel Barata com Padre Eutíquio, no centro comercial de Belém). As empresas são da holding do Grupo Carlos Santos, o Amigo do Povo.

Agora, o Papão e sua torcida reacendem o sonho da conquista do tetracampeonato da Copa Verde e ainda com duas disputas envolvendo o maior rival, o Clube do Remo.

Na semana passada, na Arena da Amazônia, em Manaus, o Paysandu comandado por Hélio dos Anjos perdeu no jogo de ida pelo placar de 1 a 0, mas deu o troco jogando com muita técnica e garra no Estádio da Curuzu. Um dos jogadores do Manaus, que estava com cartão amarelo, recebeu o segundo cartão e foi expulso, para delírio da Fiel.

PRIMEIRO TEMPO

Com um primeiro tempo bem movimentado, o Paysandu deu um susto na Fie, já que o Manaus abriu o placar de A PROVÍNCIA DO PARÁ aos 7 minutos, durante indecisão do sistema defensivo do Paysandu. A bola foi lançada na esquerda, Roney contou com a indecisão de Kevyn e o goleiro Diogo Silva e tocou a bola para o fundo do gol.

Mas o Paysandu não se abateu e agiu rápido. Aos 15 minutos, empataria com o artilheiro Nicolas, após escorar levantamento do lado direito, ele cabeceou forte, o goleiro tentou salvar, a bola ainda bateu na trave e morreu na rede, empatando o jogo na Curuzu.

De volta ao jogo e melhor em campo, a virada era questão de tempo e veio aos 29 minutos. Novamente, desta feita, pela direita e mais uma vez de cabeça. Edílson recebeu passe, olhou para a área e cruzou e o volante João Vieira testou para o chão, no canto direito, colocando o Papão à frente no placar.

Assustado, o Manaus foi para cima da equipe paraense e teve chances de empatar com Adenilson, que recebeu cruzamento na área e sozinho, acabou cabeceando para fora. Já o Paysandu tentava ampliar o marcador em jogadas pelo lado direito explorando o jogador Edilson.

SEGUNDO TEMPO

No retorno, o Paysandu foi para o tudo ou nada atrás do gol que poderia dar ao time a classificação. Houve a expulsão do Gutierrez, logo aos cinco um minutos, facilitado a vida do Bicola. E a pressão deu certo aos 37 minutos do segundo tempo. Edinho ganhou a bola na insistência pelo lado direito, cortou para o meio e lançou Nicolas, que entrou na área, e tocou na saída do goleiro do Manaus, fazendo a festa da Fiel Na Curuzu, Papão 3 a 1. Na reta final e desesperado, o Manaus foi todo para o ataque em busca de um gol que pudesse levar o jogo para as disputas de pênaltis. A equipe amazonense pressionou, teve algumas bolas cruzadas na área levando perigo, mas em uma jogada praticamente perdida pelo lado esquerdo, Nicolas ganhou no corpo, entrou na área e tocou para Edinho fechar o placar em 4 a 1 para o Paysandu.

Imagens: Jorge Luís Totti/Agência Paysandu

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,600SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Governo do Estado
banpara

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo