quinta-feira, maio 30, 2024
Desde 1876

Protagonismo dos governos locais e regionais na agenda climática será debatido em Belém, dias 16 e 17 de abril

A rede global de Governos Locais pela Sustentabilidade (ICLEI), que reúne mais de 2.500 governos de 130 países comprometidos com o desenvolvimento urbano sustentável, realizará o seu 3º Encontro Nacional em Belém, dias 16 e 17 de abril, tendo como tema central “O Protagonismo dos Governos Locais e Regionais na Agenda Climática”.

A programação terá a participação de entidades estratégicas internacionais e transformará a capital paraense no epicentro do debate sobre o Clima, um ano antes da COP-30.

Abertura – O evento tem o apoio da Prefeitura de Belém e será realizado no prédio do Serviço Nacional da Indústria (Senai) Getúlio Vargas, localizado na avenida Duque de Caxias, no bairro do Marco. A programação do dia 16 será interna. O prefeito Edmilson Rodrigues e o secretário-executivo do ICLEI América do Sul, Rodrigo Perpétuo, farão a abertura oficial do evento, na manhã do dia 17.

Logo em seguida, o ministro das Cidades, Jader Barbalho Filho proferirá a palestra magna: “O protagonismo dos governos locais e regionais num mundo em transformação”, que terá como debatedores uma mesa de alto nível com a participação, entre outros, do representante do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) no Brasil, Morgan Doyle, e da oficial de Programas da delegação da União Europeia no Brasil, Stephanie Horel. 

Participam também do evento a secretária de Meio Ambiente de Belém, Christiane Ferreira, o coordenador do Fórum de Mudanças Climáticas, Sérgio Brazão, o coordenador Municipal do Comitê da COP-30, Cláudio Puty, de secretários de Meio Ambiente de vários estados, incluindo o do Pará, Mauro O’ de Almeida, e do coordenador Geral de Mudanças Climáticas do Ministério de Meio Ambiente do Brasil, Thiago Menezes. Além de prefeitos de cidades do Equador, Colômbia, Argentina e Peru.

Sustentabilidade

O 3º Encontro Nacional em Belém tem como objetivo promover um debate sobre estratégias para transformar compromissos ligados à sustentabilidade em ações efetivas, a partir de um diálogo multissetorial com a participação de autoridades municipais, estaduais e federais, representantes das universidades, de comunidades locais, do terceiro setor e demais representantes da sociedade civil. 

O secretário-executivo do ICLEI América do Sul, Rodrigo Perpétuo, afirma que “a pauta do desenvolvimento urbano sustentável na Amazônia precisa ser considerada e adotada como prioridade, no mesmo nível da conservação da floresta. Os dois temas estão relacionados, pois quanto menos desenvolvidas as cidades amazônicas – onde vive 75% da população da região -, mais difícil será conservar a floresta amazônica”.

O coordenador do Fórum de Mudanças Climáticas de Belém, Sérgio Brazão, considera o evento muito importante por ser realizado na região amazônica “que clama por atenção”.  “O ICLEI nesse evento está chamando a atenção para a Amazônia, para as várias amazônias que chamam soluções diferentes. Então, eu estou com uma expectativa muito boa do evento técnico e que ao mesmo tempo, através do nosso Fórum, ouve a população”, destacou.

Fórum de Cidades Amazônicas

Junto com o 3º Encontro Nacional do ICLEI serão realizados, a reunião de trabalho do Fórum de Cidades Amazônicas (FCA), o XXIX Encontro Nacional do Fórum CB27, que reúne secretárias e secretários de Meio Ambiente das capitais brasileiras e Distrito Federal, e a reunião do Comitê Executivo Regional do ICLEI América do Sul (RexCom).

Dentro da programação do evento será realizado ainda, o 2º workshop do Gap Fund Step Up Project, parceria global que presta assistência técnica a cidades na fase inicial de projetos e planos de desenvolvimento urbano de baixo carbono e resistentes às alterações climáticas. O Fundo dispõe de um capital de 105 milhões de euros e pretende desbloquear até 4 milhões de euros em investimentos para cidades que cumprem os pré-requisitos de acesso aos recursos.

De forma concomitante ao 3º Encontro Nacional do ICLEI, ocorre também o Fórum da América Latina do UrbanShift, programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente que apoia 28 cidades em 11 países difundindo conhecimento e boas práticas para implementação de soluções integradas de sustentabilidade urbana.
 

Texto: Raimundo Sena

Fonte: Agência Belém/Foto: Agência Belém

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,800SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Prefeitura
Banpara

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo