sexta-feira, abril 12, 2024
Desde 1876

Semed participa da I Mostra de Educação de Surdos realizada pela UFPA

Com o objetivo de compartilhar e fomentar a reflexão sobre as práticas didático-pedagógicas no âmbito da educação bilíngue de surdos no oeste paraense, a Prefeitura de Santarém por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), participou da I Mostra de Educação de Surdos em Santarém.

Linguagem, cultura e surdez foi o tema do evento realizado pelos acadêmicos do curso de graduação de Letras/Libras do Plano de Formação de Professores da Educação Básica (Parfor), da Universidade Federal do Pará (UFPA), em parceria com a Semed.

A programação contou com a presença do representante da Associação de Surdos de Santarém, Andreson Charles Oliveira, da técnica de Referência da Educação Especial da Divisão Regional de Ensino (DRE/Santarém), Adna Gonçalves Viana, do ministrante da disciplina Seminário Extensionista de Educação de Surdos, além do coordenador do evento, Prof. Doutor Eder Barbosa Cruz, de Belém, e ainda a Professora Mestra Dineide Sousa, coordenadora da Divisão de Educação Especial da Semed e que, no ato, também, representou a secretária municipal de Educação, Maria José Maia da Silva, ausente por motivo de saúde.

São 27 alunos, inclusive de municípios vizinhos como Alenquer, Almeirim, Aveiro, Prainha, Curuá, Placas e Medicilândia, participando dessa primeira turma do curso de graduação de Letras/Libras. O curso conta com 1.400 h/a, 8 módulos e duração de 4 anos.

O professor Eder Barbosa Cruz, da UFPA/Belém, e coordenador do evento, afirmou que a perspectiva é a expansão da educação bilingue por todo o estado.

“Esse é um curso de graduação como qualquer outro. Essa primeira turma traz a perspectiva de expandir a educação bilingue de surdos pelo estado do Pará, saindo da Universidade Federal do Pará, Campus Belém, e atingindo outros municípios como Alenquer, Almeirim e tantos outros com alunos que fazem parte do Parfor, inclusive da cidade de Santarém, que agora, por meio dessa formação se tornarão fluentes em Libras capazes de ensinar essa língua e poder implementar uma educação bilingue nas suas localidades”, destacou.

Ainda de acordo com Eder, durante esse período, os alunos têm disciplinas para aprender a Língua de Sinais, disciplinas para aprender a ensinar a língua, criar materiais para surdos, pra aprender, criar material de ensino de português para surdos e também para conhecer o funcionamento da política linguística e educacional de surdos.

Professora Dineide Sousa, coordenadora da Divisão de Educação Especial da Semed, lembrou que a obrigatoriedade do uso da Libras em todos os espaços sociais, está garantida pela Convenção sobre os Direitos da Pessoa com Deficiência (ONU/2006).

“A Convenção formula e implementa políticas públicas intersetoriais, com a finalidade de garantir que as pessoas surdas ou com deficiência auditiva tenham acesso a todos os meios de comunicação e expressão, em todas as etapas da vida, bem como assegurada na Lei nº 10.436, que foi um grande marco histórico, tendo em vista as conquistas sociais pertinentes à comunidade surda”.

Dineide ressaltou ainda que em Santarém foi aprovado, em 2020, um Projeto de Lei, de autoria do vereador Ronan Liberal Jr., que inclui o ensino da Língua Brasileira de Sinais nos programas de formação continuada em serviço da Secretaria Municipal de Educação, aos profissionais da educação da rede municipal de ensino.

INCLUSÃO

A Secretaria de Educação, por meio da Divisão de Educação Especial, vem ofertando semestralmente o curso de Libras para os professores, prioritariamente, com o objetivo destes profissionais promoverem a inclusão do aluno surdo nas classes normais.

Neste ano, o município atende na rede 29 alunos surdos e disponibiliza 8 professores surdos para o atendimento e ensino da Libras como língua oficial para esse público, além do professor do AEE (Atendimento Educacional Especializado) que é responsável pelo ensino da Língua Portuguesa.

A programação de hoje encerrou o primeiro período de um total de oito semestres da primeira turma ofertada em Santarém. O segundo semestre ocorrerá nos meses de julho e agosto do ano corrente.

Imagens: Agência Santarém

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,600SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Governo do Estado
banpara

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo