quinta-feira, maio 23, 2024
Desde 1876

STF: Nunes Marques vota contra habeas corpus para Bolsonaro

O ministro Nunes Marques votou ontem, sexta-feira, 10, para que o Supremo Tribunal Federal (STF) negue um pedido de habeas corpus ao ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), evitando que ele seja preso sob acusação de golpe de Estado. O pedido em análise pelo STF foi impetrado pelo advogado Djalma Lacerda, que não consta da lista de representantes oficiais do ex-chefe do Executivo na Justiça. O advogado apresentou o pedido contra a decisão monocrática de Nunes Marques, que negou o pedido inicial do advogado.

A argumentação do pedido é que o ex-presidente é alvo de várias investigações e que nenhuma tentativa foi feita por parte de Bolsonaro em direção à realização de um golpe de estado, muito menos com violência ou grave ameaça.

Mas para o ministro, a jurisprudência da Suprema Corte não permite habeas corpus contra decisão monocrática de ministro da Corte máxima, referindo-se à decisão do ministro Alexandre de Moraes, que colocou o ex-presidente na mira da investigação sobre suposta tentativa de golpe de Estado.

Sendo assim, Nunes Marques não identificou “ilegalidade evidente” que justificasse a concessão de um habeas corpus de ofício, superando a jurisprudência do STF. Ele também entendeu que não há nos autos qualquer manifestação de interesse ou ciência de Bolsonaro autorizando a defesa técnica apresentada por Lacerda.

Fonte Pleno News

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,800SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Prefeitura
Banpara

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo