sexta-feira, abril 12, 2024
Desde 1876

Abortos atingem nível mais alto nos EUA, aponta relatório

A quantidade de abortos tem aumentado nos Estados Unidos. Em 2023, houve mais de 1 milhão de abortos no país. O número representa a taxa mais alta em mais de uma década e um salto de 10% em relação a 2020, segundo um relatório do Instituto Guttmacher.

Os dados do levantamento foram divulgados nesta terça-feira (20). As informações são da CNN Brasil.

Foi identificado também que o aborto medicamentoso é uma opção mais comum do que nunca.

Em 2022, a Suprema Corte dos Estados Unidos derrubou a regra que liberava o direito ao aborto legal no país. A medida reverteu a histórica decisão Roe versus Wade, de 1973, e determinou que, a partir de agora, não há mais um direito constitucional federal ao aborto no território norte-americano.

Nos 14 estados com proibições totais, o aborto praticamente parou de ser realizado. No entanto, quase todos os outros estados apresentaram crescimento de casos de aborto entre 2020 e 2023.

Segundo a BBC, os 14 estados americanos que proíbem o procedimento em todos os casos ou com poucas exceções são Alabama, Arkansas, Dakota do Norte, Dakota do Sul, Idaho, Kentucky, Louisiana, Mississippi, Missouri, Oklahoma, Tennessee, Texas, West Virginia e Wisconsin.

De acordo com o relatório, a “perda drástica de acesso em estados com proibições foi contrabalançada por esforços monumentais por parte de clínicas, fundos de aborto e organizações de apoio logístico para ajudar as pessoas em estados com proibições a ter acesso a cuidados através de apoio financeiro e prático”.

Fonte: Pleno News/Foto: Pexels/Daniel Reche

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,600SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Governo do Estado
banpara

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo