terça-feira, maio 28, 2024
Desde 1876

Aeroporto de Santarém receberá obras de ampliação e revitalização no segundo semestre

As obras de ampliação e revitalização do Aeroporto Internacional Maestro Wilson Fonseca, em Santarém, no Pará, começarão a partir do segundo semestre deste ano e têm previsão para conclusão em 2026. Também estão previstas melhorias por parte do grupo Aena Brasil, como ampliação e melhorias do terminal de passageiros de 1.300 m² para 4.400 m²; a superfície da área pública será 4 vezes maior; a sala de embarque com 4 portões em área de 660 m²; balcões de check-in com 16 posições em área de 130 m²; restituição de bagagem com 2 esteiras em área de 225 m²; remodelação de meio-fio; construção de áreas de escape de segurança, no fim da pista, em ambas as cabeceiras; adequação da faixa preparada; reconfiguração do pátio com 8 posições de estacionamento para aeronaves tipo C e a instalação de PAPI na cabeceira 28 e realocação na cabeceira 10.

A Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Turismo (Semtur), está em parceria com a empresa ganhadora da licitação de 11 aeroportos nos estados do Pará, Minas Gerais, São Paulo e Mato Grosso do Sul e é a maior operadora aeroportuária do mundo em número de passageiros.

“A Aena está preparando um projeto robusto de melhorias para o aeroporto de Santarém, o maior gerido pela concessionária no Pará. O terminal de passageiros irá triplicar de tamanho, chegando a 4,4 mil m². A área de embarque, também, será triplicada e os espaços públicos ficarão quatro vezes maiores. Além disso, o pátio será reconfigurado para oito posições de aeronaves tipo C. A capacidade anual vai chegar a 700 mil passageiros ao ano“, informou Marcelo Bento Ribeiro, diretor de Relações Institucionais e Comunicação da AENA.

O projeto faz parte das melhorias estruturais dos 11 aeroportos do Bloco SP/MS/PA/MG que a Aena assumiu no final do ano passado, incluindo no Pará, além de Santarém, os aeródromos de Marabá, Carajás e Altamira.

São obras estruturais de grande porte pensadas para transformar os aeroportos em equipamentos de infraestrutura mais modernos, seguros e confortáveis, com melhoria significativa da experiência dos passageiros. As obras em todos os aeroportos, incluindo Santarém, devem começar no segundo semestre deste ano, com previsão de entrega em 2026. O investimento nos 11 aeroportos será de R$ 4,5 bilhões.

O secretário de Turismo, Eliziário Bastos, afirma que Santarém está se preparando grandiosamente para ser uma subsede da COP 30, que acontecerá em 2025 em Belém, além da secretaria estar desde o início acompanhando o projeto de expansão do aeroporto.

“Nós estamos muito felizes com o anúncio do começo das obras. É um investimento alto que terá retorno imediato, levando mais conforto aos nossos turistas e visitantes, que precisam utilizar o aeroporto. Também estamos nos preparando para receber um grande fluxo de pessoas com a proximidade da COP 30 e estamos nos capacitando para recepcioná-los, além de Santarém ser o segundo aeroporto mais movimentado do estado do Pará“.

O prefeito Nélio Aguiar enfatizou a importância estratégica desses investimentos, afirmando que tais obras não apenas aprimorarão a experiência dos passageiros, mas também impulsionarão o desenvolvimento socioeconômico de Santarém e das áreas circunvizinhas.

“O futuro se desenha promissor para Santarém com esse investimento de grande porte, marcando um momento de renovação e crescimento para a região”, avaliou Nélio.

Imagem: Infraero

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,800SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Prefeitura
Banpara

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo