segunda-feira, junho 24, 2024
Desde 1876

Atletas processam associação por permitir trans em time feminino

Ex-nadadora da Universidade de Kentucky (Estados Unidos), Riley Gaines, juntamente com mais de uma dúzia de atletas universitários, entrou com uma ação contra a Associação Nacional Atlética Colegial (NCAA), alegando que a entidade violou os direitos do Título IX ao permitir que a atleta transgênero Lia Thomas competisse no campeonato nacional durante a temporada de 2022.

A ação judicial incluiu atletas de diversos esportes, como atletismo e vôlei, e revelou o espanto de Gaines ao descobrir que teria que compartilhar um vestiário com Lia Thomas durante o campeonato em Atlanta.

Segundo relatos, os autores da ação afirmaram que moveram o processo “para assegurar para as futuras gerações de mulheres a promessa do Título IX que lhes está sendo negada, assim como a outras mulheres universitárias”.

Anteriormente, em 2022, a NCAA revisou suas políticas sobre a participação de atletas transgêneros. As revisões foram uma tentativa da NCAA de se alinhar com outras ligas em todo o país.

Fonte: Pleno News Foto: Reprodução/ESPN NCAA

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,800SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Prefeitura
Banpara

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo