quarta-feira, maio 29, 2024
Desde 1876

Moro se irrita e “cobra” explicação de Jair Bolsonaro; entenda

O senador Sergio Moro (União-PR) ficou insatisfeito com a notícia de que o Partido Liberal (PL) pretende recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no processo de cassação de seu mandado, após ele sair vitorioso e ser absolvido pelo TRE do Paraná.

A insatisfação maior do ex-juiz da Lava Jato seria com o ex-presidente Jair Bolsonaro, presidente de honra da legenda. Sergio Moro chegou a procurar interlocutores de Bolsonaro, como o advogado e assessor Fábio Wajngarten, para cobrar explicações. Ele teria recebido a resposta de que o ex-chefe do Executivo atua para que o PL retroceda com o processo. As informações são de Bela Megale, do jornal O Globo.

Moro está criticando duramente Bolsonaro nos bastidores, o acusando de “não cumprir a palavra”. A decisão de prosseguir com a ação em uma estância superior foi de Valdemar Costa Neto, presidente do partido. Ainda segundo Megale, a justificativa de Valdemar é que, “como houve uso de dinheiro público do PL, é obrigatório que o partido siga até o fim com a ação”.

A “promessa” de que o PL recorreria caso não fosse cassado já havia sido feita quando o julgamento foi iniciado, no início do mês. A mesma afirmação foi feita pela equipe jurídica do PT, outro autor do pedido de cassação.

Os partidos sustentam que houve abuso de poder econômico por Moro, que se apresentava como presidenciável na pré-campanha e, depois, se candidatou ao Senado.

Na última terça-feira (9), o Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) absolveu Moro das acusações feitas pelo PT e PL. Foram 5 votos contra sua cassação e 2 favoráveis.

Fonte: Pleno News/Foto: PR/Marcos Corrêa

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,800SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Prefeitura
Banpara

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo