segunda-feira, junho 17, 2024
Desde 1876

Paysandu vence o Bragantino por 31 em uma Curuzu lotada e vai à semifinal com o Águia, de Marabá

O Paysandu venceu o Bragantino na tarde deste domingo, 17, por 3 a 1, no Estádio Leônidas Sodré de Castro, a Curuzu, em jogo válido pelas quartas de final do Campeonato Paraense de Futebol Profissional – Parazão 2024. Diante do resultado, o Papão irá enfrentar o Águia, de Marabá. Na outra ponta, Clube do Remo encara a Tuna Luso-Brasileira. Os vencedores disputam a final do certame. Os gols foram marcados por Biel (2) e Nicolas para o Bicola, e Mathaus Ceará, que descontou para o Tubarão no marcador de A PROVÍNCIA DO PARÁ.

Os jogos das semifinais devem acontecer mais ou menos pela Semana Santa, apesar de ainda não estarem confirmados pela Federação Paraense de Futebol – FPF. Antes disso, o Papão da Curuzu vai encarar mais um desafio: na quinta-feira que vem, dia 21, enfrenta o Manaus na Arena da Amazônia, em Manaus, em partida válida pela Copa Verde.

Ainda com o resultado de hoje, o Bicola somou mais gols ainda sobre o adversário, já que no primeiro jogo das quartas de final, venceu o Bragantino que, agora, mais do que nunca, precisava da vitória para se garantir às semifinais do Parazão. A equipe bragantina volta para casa garantida no Parazão de 2025, ano da COP 30.

A partida desta tarde teve a transmissão lance a lance da Super Rádio Marajoara AM-1.130, em cadeia com a Rede Marajoara de Comunicação e jornal A Província do Pará , com patrocínio do Avistão, 52 anos vendendo mais barato na esquina da economia (Senador Manoel Barata com Padre Eutíquio, no centro comercial de Belém). As empresas são da holding do Grupo Carlos Santos, o Amigo do Povo.

PRIMEIRO TEMPO

O Bragantino começou a partida atacando sem piedade o adversário por estar em desvantagem. Os primeiros cinco minutos foi de pressão total sobre o Bicola que, logo logo, conseguiu dominar a situação. Apesar disso, uma das investidas de perigo dos visitantes veio após um escanteio. Douglas recebeu a bola e, de primeira, chutou para o gol. Matheus Nogueira fez uma excelente defesa para o Paysandu e evitou que os adversários abrissem o placar.

O Tubarão fechou a defesa nos primeiros minutos, o que dificultou as subidas do time bicolor. Após algumas tentativas nos primeiros minutos de jogo, o Paysandu conseguiu furar o sistema defensivo do adversário.

No primeiro ataque contundente, o Papão assustou o Bragantino com um lance de Leandro Vilela. A bola foi bem colocada pelo jogador, mas bateu na trave. O jogo ficou mais movimentado, com faltas para os dois lados. Enquanto o Bragantino conseguiu chegar nos primeiros minutos, o Paysandu lutava para achar espaço na zaga adversária. Após a finalização de Leandro Vilela, Nicolas acertou uma boa cabeçada que veio depois de uma cobrança de escanteio, mas a bola passou por cima da trave.

O Bragantino precisava de pelo menos três gols para forçar os pênaltis e foi para cima. Em jogada de velocidade, Raçudo invadiu a área do Bicola e chutou para o gol, Matheus Nogueira afastou e a bola caiu nos pés de Gully, que finalizou, mas, novamente, o goleiro bicolor estava atento e defendeu.

O Bragantino gostou do jogo e passou a assustar mais a defesa do Papão. Contudo, o primeiro gol da partida saiu a favor do Paysandu, com o artilheiro Nicolas, aos 35 minutos do primeiro tempo. Foi assim: em cobrança de falta, Edinho levantou a bola para a grande área e Nicolas, de cabeça, mandou para o fundo da rede. Este foi o nono gol do atacante artilheiro bicolor.

Com a vantagem ainda maior, o Paysandu controlou mais o jogo e manteve o placar favorável.

SEGUNDO TEMPO

Após o intervalo, o Bicola voltou para selar a vitória. Logo aos seis minutos do segundo tempo, depois de bola levantada na área, Biel aproveitou o rebote e, de ombro, empurrou para o fundo gol, fazendo 2 a 0 para o Papão.

Com mais posse de bola, o Bicola passou a gostar e a controlar o jogo. O Papão voltou com mais força, levando perigo para a defesa do Bragantino e tendo mais chances de aumentar o placar de A PROVÍNCIA DO PARÁ.

Aos 25 minutos, Biel, mais uma vez, recebeu de primeira e bateu bem colocado no lado direito da trave do Bragantino, não dando chances de defesas para o goleiro Henrique e fez o terceiro gol para o Bicola.

Mesmo com o melhor momento no jogo e com a classificação praticamente garantida para o Lobo, o Bragantino não desistiu e conseguiu marcar o “gol de honra” na partida. 

O gol do Tubarão veio de Mathaus Ceará. O jogador subiu entre três defensores do Paysandu e de cabeça descontou o time de Bragança, aos 37 minutos. Com isso, o placar da partida foi sacramentado: 3 a 1 para o Paysandu.

Enquanto o Paysandu avança para a semifinal do Parazão, o Bragantino vai encarar a Copa Grão Pará, que dará uma vaga para a Série do Campeonato Brasileiro ou para a Copa do Brasil. A competição ainda não tem data para começar.

Ficha técnica

Paysandu x Bragantino

Local: Estádio Leônidas Castro (Curuzu), Belém-PA

Paysandu: Matheus Nogueira, Bryan Borges (Edílson), Wanderson, Lucas Maia Ícone cartão amarelo de futebol, Geferson, Leandro Vilela, João Vieira (Netinho), Biel, Vinícius Leite (Ruan Ribeiro), Edinho (Eslí García), Nicolas

Técnico: Hélio dos Anjos

Bragantino

Henrique, Raçudo, Matheus Lopes, Rafael, Maia, Venilson, Gully, Edicleber (Charles), Douglas Lima (Allyson), Dija Baiano(Andrezinho), Bala  (Matheus Ceará)

Técnico: Marquinhos Taíra

Arbitragem

Árbitro central: Klever da Costa Lobo

Assistentes: Nayara Lucena Soares e Emanoel Ferreira do Amaral Junior

Imagens: Imagens: Jorge Luís Totti/Agência Paysandu

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,800SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Prefeitura
Banpara

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo