sexta-feira, junho 14, 2024
Desde 1876

Polícia Civil intensifica fiscalização no Pará e apreende carga ilegal de madeira

Em uma ação robusta de combate a infrações ambientais, a Polícia Civil do Pará (PCPA), por meio da Divisão Especializada em Meio Ambiente e Proteção Animal (DEMAPA) e a Delegacia de Conflitos Agrários (DECA), lançou a Operação FISH. A operação, queiniciou no dia 19 de março e segue até este sábado, 23, visa intensificar a fiscalização contra o transporte ilegal de peixes e cargas de natureza animal, em consonância com o Decreto Estadual nº 3755.

“A operação Fish foi planejada após o decreto do Governo do Estado que limitava a saída do pescado, no período da Semana Santa, dos limites do Pará. Então, planejamos uma operação mais ampla para fiscalizar tanto a saída do pescado como de madeira ilegal e nessas fiscalizações foram feitas várias abordagens como foi o caso da apreensão dessa madeira transportada de forma irregular e sem origem”, explicou o delegado Dilermano Dantas, titular da DEMAPA.

A operação cobriu áreas estratégicas entre os municípios de Dom Eliseu, Itinga do Pará, e Rondon do Pará, além de uma ação pontual em Mãe do Rio, onde foi apreendida uma significativa carga de madeira ilegal. Na última quinta-feira, 21, uma equipe flagrou um caminhão em um posto de combustível no município, transportando 32 m³ de madeira sem a autorização dos órgãos ambientais competentes.

O veículo e o condutor foram encaminhados à delegacia, onde o procedimento policial foi instaurado, resultando na apreensão da madeira, que foi destinada à Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Mãe do Rio para as devidas providências administrativas.

As ações continuam e contam com a utilização de barreiras fixas e móveis estabelecidas, principalmente, nas proximidades dos postos de fiscalização da Adepará e Sefa.

“A Operação FISH mostra nosso compromisso firme no combate aos crimes ambientais. A recente apreensão de madeira ilegal é um exemplo claro de nossa atuação efetiva. Vamos seguir protegendo nosso patrimônio natural com rigor”, disse o delegado-geral da PCPA, Walter Resende.

Fonte: Agência Pará/Foto: Divulgação

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,800SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Prefeitura
Banpara

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo