segunda-feira, abril 22, 2024
Desde 1876

Polícia Civil prende cinco investigados por extorsão mediante sequestro, roubo e associação criminosa no Pará e Paraná

A Polícia Civil do Estado do Pará, por meio da Delegacia de Repressão a Roubo a Bancos e Antissequestro (DRRBA), vinculada à Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), deflagrou nesta quinta-feira (22), a ‘Operação Sideral” que resultou em prisões preventivas de três pessoas em Belém e outras duas em Curitiba, no Paraná (PR).

Segundo o delegado Cláudio Galeno, diretor da DRCO, a ação policial teve o objetivo de desarticular uma organização criminosa que realizou em junho de 2023, os crimes de extorsão mediante sequestro qualificado, roubo majorado e associação criminosa contra vítimas moradoras do conjunto Jardim Sideral, em Belém.

“Com trabalho investigativo e de inteligência policial foi possível identificar os suspeitos, coletar provas e representar pelas prisões preventivas e buscas e apreensões. Com esse importante trabalho iremos avançar em outras apurações e combater esses delitos”, destacou o delegado.

Durante a ação foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão e cinco de prisão preventiva. Entre os presos, um homem alvo da PCPA foi encontrado em Curitiba. Contra ele também haviam sete mandados de prisão em aberto. Uma mulher também foi presa em Curitiba por envolvimento nos crimes praticados em Belém.

Equipes da Polícia Civil do Paraná, através do Tático Integrado de Grupos de Repressão Especial (Tigre) deram apoio na ação.

Entenda o caso – Em  de 17 junho de 2023, por volta de 07h da manhã, criminosos sequestraram a vítima no conjunto Jardim Sideral. De posse do registro de ocorrência, equipes da DRRBA iniciaram as buscas pela vítima e dos criminosos. 

No mesmo dia, o cativeiro foi descoberto e a vítima foi resgatada. Um homem foi preso em flagrante e com ele foi encontrado o valor de R$ 3.000,00 em espécie, oriundo do pagamento do resgate efetuado pela família da vítima.

Desdobramentos – Com intensa investigação, através de serviço de inteligência e de trabalho de campo, foi possível identificar outros envolvidos nos crimes, os quais foram presos nesta operação.

Ao todo, seis suspeitos foram presos e estão à disposição da Justiça. As investigações continuam no sentido de localizar e prender os demais indivíduos envolvidos.

Fonte: Agência Pará/Foto: Divulgação

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,600SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Governo do Estado
banpara

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo