quarta-feira, abril 24, 2024
Desde 1876

Quem São Eles aposta no jovem casal de mestre-sala e porta-bandeira para o desfile de hoje

A Prefeitura de Belém realiza desde ontem, sexta-feira, 01, o desfile das 11 escolas de samba do 1º Grupo. A Associação Cultural Recreativa e Carnavalesca Império de Samba Quem São Eles será a segunda a entrar no corredor do samba da Aldeia Cabana no sábado, 02, para apresentar ao público o samba-enredo “Preamar, a cultura do Pará”.

Com a chegada do tão sonhado dia do desfile, a expectativa e a emoção aumentam entre os mil integrantes da escola, que neste ano leva para a avenida críticas sobre a devastação na floresta amazônica, mas também a exaltação das singularidades da cultura paraense. A Quem São Eles vai desfilar com dois carros alegóricos, dois tripés (carro menor) e uma alegoria.

O presidente e cavaquinista da Império de Samba Quem São Eles, Geraldo Monteiro, 40 anos, detalhou o empenho e a entrega dos membros da escola para apresentar ao público e jurados, o samba-enredo produzido pelo poeta e escritor João de Jesus Paes Loureiro,  “É um enredo antológico recheado de emoções, com letra do nosso querido Paes Loureiro”, contou.

A escola de samba foi fundada em 28 de janeiro de 1946 e hoje é formada por integrantes dos bairros da Pedreira, Sacramenta e Guamá. É essa representatividade dos bairros de Belém, que o presidente da agremiação promete apresentar na Aldeia Cabana. “A Quem São Eles é formada por todos os bairros, Pedreira, Sacramenta e Guamá. Isso pra gente significa muito, porque a escola nunca vai deixar de existir por causa desse símbolo de ser a escola do povo”, destacou Geraldo.

A cada ensaio os membros da escola de samba se fortalecem para entregar na avenida o resultado dos 365 dias de trabalho e dedicação. “O carnaval pra gente que vive o ano todo é uma emoção muito grande que a gente sente. São 365 dias vivendo o carnaval. Eu sou cavaquinista da escola e esse ano vou ter a oportunidade de vir como presidente e o meu vice é a comunidade que trabalha e se empenha pelo Quem São Eles”, contou emocionado, Geraldo.

CASAL

Para este ano, a Quem São Eles aposta na estreia do casal de porta-bandeira, Victória Maciel, e mestre-sala, Emerson Cesar, ambos com 20 anos. Além da idade, eles têm em comum a paixão pelo carnaval. Desde os 6 anos, Emerson vivencia a Quem São Eles junto com a família. A paixão cultivada desde os primeiros anos de vida agora é vivenciada pela primeira vez, oficialmente, como mestre-sala no carnaval de 2024. 

“Neste ano completei 15 anos na escola. A minha família toda veio do carnaval e aprendi com eles, por isso esse desfile é mais que especial, apesar de estar dançando há muito tempo, mas é o primeiro ano que assumi o meu cargo com muita luta e dedicação. Eu tô ao lado da Victória que é uma porta- bandeira incrível.  Eu só tenho a agradecer a Deus e a todas as pessoas que nos dão apoio e que nos incentivam”, afirma Emerson. 

Pela primeira vez a estudante de dança da UFPA, Victória Maciel, vai desfilar como Porta-Bandeira. Para ela estar no cargo significa que todo esforço e dedicação valeu a pena, “A minha relação com a escola é desde 2021, quando eu entrei de fato para o mundo do samba. Eu fiz um curso de casal de mestre-sala e porta-bandeira dentro da escola (Quem São Eles). Logo depois fui chamada para assumir o cargo de porta-bandeira”, contou.

“Eu e meu mestre-sala somos frutos da escola e isso nos orgulha muito porque carregamos o símbolo maior daquilo que nós acreditamos ser de todo o sagrado, defendemos essa arte linda que é mestre-sala e porta-bandeira. A gente tá ensaiando muito e se dedicando pra isso. A gente não pode esperar outra coisa que não seja o sucesso do desfile”, enfatizou a porta-bandeira.

Imagem: Agência Belém

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,600SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Governo do Estado
banpara

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo