quarta-feira, abril 24, 2024
Desde 1876

Tite se desculpa por comentário sobre Daniel Alves: “Sem sentido”

O técnico Tite aproveitou a coletiva pós-título da Taça Guanabara, conquistada neste sábado (2) pelo Flamengo após vitória por 3 a 0 sobre o Madureira, para se desculpar pelos comentários que fez, no último domingo (25), sobre a condenação por estupro de o ex-jogador Daniel Alves.

Antes do início da entrevista, pediu a palavra e disse ter errado ao dizer que não podia julgar Daniel por não ter acesso às “informações verdadeiras”.

– Me desculpem pela resposta que dei no caso do Daniel Alves. Perdão. Alguns itens… o erro, o crime foi julgado pela Justiça e foi condenado. A comparação que fiz do caso foi inoportuna, foi sem sentido, foi indevida. A etapa profissional que nos vivemos juntos foi de muita correção e respeito. Eu reafirmo que acredito na educação como orientação, como punição. Como fui modelado pelo Seu Agenor e pela Dona Ivone, meus pais. Continuou acreditando dessa forma. Obrigado – disse.

Protagonista de uma longa relação profissional com Daniel Alves, em razão dos tempos de seleção brasileira, Tite foi questionado sobre o caso depois da vitória sobre o Fluminense, há pouco mais de uma semana, e gerou polêmica com sua resposta.

– Eu não posso fazer julgamento sem ter todos os fatos e as informações verdadeiras a respeito. Posso falar conceitualmente. Conceitualmente, todo erro deve ser punido. Mas não sou julgador e não tenho todos os fatos. Fora que há uma etapa de um profissional que trabalhou comigo e existem outras etapas profissionais e pessoais que ele também exerce. Essas eu não conheço e não posso julgar, tenho que ter muito cuidado – afirmou na ocasião.

Ao concluir o raciocínio, o treinador flamenguista comparou a condenação de estupro à qual o ex-lateral foi submetido com um episódio vivido por Neymar em 2019. Na época, o atacante foi acusado de estupro e Tite respondeu perguntas sobre o assunto durante uma coletiva da seleção brasileira. Mais tarde, o caso foi arquivado pela Justiça.

– Vou dizer mais: quando fui numa coletiva que houve um problema com Neymar, foram 24 perguntas, tive que responder 18 a respeito de um suposto (estupro). E eu disse a mesma coisa, que eu não tinha conhecimento aprofundado. Mas quem erra deve ser punido. Foi assim que eu fui educado. Primeiro te ensino, segundo tu é punido para que aprenda – completou Tite.

CONDENAÇÃO DE DANIEL ALVES
O Tribunal de Barcelona, na Espanha, condenou Daniel Alves a quatro anos e seis meses de prisão pelo estupro de uma mulher de 23 anos em uma boate da cidade, além de cinco anos de liberdade vigiada após o cumprimento da pena, sendo proibido de se comunicar ou se aproximar da vítima.

O crime ocorreu em dezembro de 2022, dias após a participação do jogador na Copa do Mundo do Catar com a seleção brasileira. A sentença foi anunciada dia 22 de fevereiro, pela juíza Isabel Delgado Pérez e cabe recurso.

De acordo com a agência de notícias AFP, o Ministério Público espanhol vai recorrer da sentença para que a pena seja aumentada. Não foi divulgado se o pedido será para os nove anos de prisão solicitados ainda no júri. A pedida da acusação era ainda maior, com prisão de 12 anos, como determina a lei para pena máxima pelo crime no país.

O motivo do MP recorrer é, principalmente, a sentença ter sido atenuada pelo pagamento de uma multa de “reparação de dano” por Daniel Alves. Ele pagou 150 mil euros (R$ 807 mil) de indenização desde a instrução. O valor foi pago com auxílio de Neymar. A assessoria do jogador do Al-Hilal já respondeu não ter o que declarar sobre a situação.

A embriaguez, outro atenuante apresentado pela defesa, não foi acolhida pelos magistrados.

*AE

Fonte: Pleno News/Foto: EFE/Rodrigo Jiménez

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,600SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Governo do Estado
banpara

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo