segunda-feira, junho 17, 2024
Desde 1876

Vice-governadora recepciona maior navio da temporada de cruzeiros em Belém

Em reconhecimento à importância da abertura do turismo paraense aos navios de cruzeiros, a vice-governadora Hana Ghassan esteve no Terminal Hidroviário e Turístico de Icoaraci, Distrito de Belém, na manhã desta segunda-feira, 18, para receber o maior navio da temporada deste tipo de embarcação, o MSC Poesia, da MSC Cruzeiros, que pela primeira vez aporta em uma cidade do Norte do Brasil. A embarcação trouxe mais de 2 mil turistas a bordo.

Hana Ghassan esteve presente em um ato simbólico de troca de placas com o comandante do navio, prática que acontece sempre que uma bandeira aporta pela primeira vez em um estado. À ocasião, a vice-governadora também entregou uma placa comemorativa à MSC Cruzeiros para incentivar o turismo no Estado, a vinda de transatlânticos e cruzeiros, inicialmente com foco na realização da Conferência das Partes (COP 30), que acontece ano que vem, na capital paraense. Em seguida, Hana conheceu as instalações e participou de um almoço com a equipe da MSC oferecido no próprio navio.

“O Governo do Estado está feliz em ver que o Pará está se consolidando cada dia mais como rota turística internacional. E pela primeira vez o MSC Poesia está aqui na nossa capital, Belém, em nosso estado do Pará, na Amazônia, no Norte do Brasil. Para nós, este é um importante passo para tornar Belém, o Pará parte da rota internacional do turismo, que será um dos próximos maiores geradores de emprego do mundo”, declarou Hana Ghassan.

Presente na programação, a diretora de Operações e Relações Governamentais da MSC Cruzeiros, Márcia Leite admitiu que cada destino amazônico tem surpreendido e encantado tanto a tripulação quanto os passageiros. “Espero que tenha sido a primeira de muitas, que nossos navios possam vir para cá, fazer as escalas nessa região, porque realmente os hóspedes estão maravilhados com a região. Tenho certeza que a realização da COP 30 em Belém abrirá todos os portos da região para tantos navios que antes só passavam por aqui mas não aportavam nesta região maravilhosa”, avaliou.

Presidente executivo da Associação Internacional de Navios de Cruzeiros (Clia) na América do Sul, Marco Ferraz também acompanhou a chegada da embarcação na capital paraense, e contou que há mais de um ano participa das tratativas com governos estadual e federal para trazer esses grandes equipamentos ao Pará.

“Na questão da infraestrutura, já sabemos o que tem que ser feito, é viável, é possível fazer. Eu acredito que o Governo Federal já está tomando as medidas para iniciar o quanto antes, para que a gente possa atracar dois navios de grande porte com quase cinco mil cabines com a disponibilidade para a COP 30 no ano que vem, para que a gente possa mostrar o que a Amazônia tem de verdade”, confirmou. 

Ferraz contou ainda que desde a definição de Belém como sede da COP 30 a Clia passou a tratar com as companhias sobre o que vai ser feito, o que vai acontecer durante a realização do maior evento climático do planeta. 

“Tenho certeza que vai ser um sucesso. A maioria dos navios do mundo estão no Caribe, em Barbados, que é um ponto mais ao sul do Caribe, e o Pará está a dois dias de navegação de distância. Então a gente imagina que com esse legado de difundir o turismo possa haver o interesse de companhias estendenderem os roteiros para o Brasil, para o Norte, para a Amazônia”, finalizou.

Fonte: Agência Pará Foto: Bruno Cecim

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,800SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Prefeitura
Banpara

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo