segunda-feira, abril 22, 2024
Desde 1876

Cachorro de Barrichello morre após ingerir 11 bitucas de cigarro

Rubens Barrichello perdeu o seu cachorrinho, da raça Cavalier, por complicações após ingerir 11 bitucas de cigarro. A revelação foi feita pelo próprio piloto nas redes sociais, nesta sexta-feira (23).

Speedy, como se chamava o cãozinho, estava prestes a completar oito anos. Rubinho explicou que o animal passeava muito pelo prédio da ex-esposa, Silvana Giaffone, até que um dia eles perceberam que o cão ia repetidas vezes para um mesmo local.

– O Speedy era um cachorro cavalier, uma raça dócil, mas é caçadora. No prédio onde ele morava, no prédio da Silvana, ele passeava muito, super educado […]. A gente começou a ver que ele estava passando mal e queria sempre ir ao mesmo local – disse.

Barrichello contou que seu filho Dudu foi quem descobriu a causa do mal-estar de Speedy ao encontrar várias bitucas de cigarro no local para o qual o cão sempre se dirigia.

– Quando vimos, tinha muita bituca de cigarro, e de outro tipo de cigarro mais potente, na região – explicou.

– Ele desenvolveu uma doença que não gerava mais proteína para o corpo. Foram tiradas 11 bitucas de dentro dele. E ele não conseguia mais comer. Teve diarreia com sangue e foi ladeira baixo – continuou o piloto.

Rubinho aproveitou para fazer um alerta e gerar conscientização.

– Não vim falar mal de ninguém. É muito triste, porque não é o fato da bituca, em si. É do lixo. Se os donos de cachorro descem com sacolinha para recolher as fezes e jogar no lixo, seria educado as pessoas com esses modos (fumar), pudessem ter essa mesma atitude. É uma pena. Speedy faz falta – declarou.

Fonte: Pleno News/ Foto: Reprodução/Instagram @rubarrichello

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,600SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Governo do Estado
banpara

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo