sábado, julho 20, 2024
Desde 1876

PF fecha garimpos ilegais e inutiliza maquinários. Atividade tem causado prejuízo milionário ao meio ambiente.

A Polícia Federal cumpriu cinco mandados de busca e apreensão na operação Novo Eldorado, ontem, terça-feira, 16, no município de Curionópolis, no sudeste paraense. Foram apreendidas cinco escavadeiras e quatro motores hidráulicos.

Foram cinco pontos de garimpo, cada um com uma escavadeira e dois deles com dois motores cada. Tudo foi inutilizado, por conta da impossibilidade de remoção da área. O prejuízo estimado é de R$ 5 milhões aos criminosos, que ainda não foram identificados. Um aparelho celular, apreendido na operação, deve ajudar o inquérito a chegar aos responsáveis pela extração ilegal.

Os garimpos de ouro ilegal têm área superior a 22 hectares. Os resíduos de garimpagem estariam se sedimentando no leito dos rios da região, principalmente no Rio do Sereno. O valor do ouro extraído ilegalmente seria superior a R$ 12 milhões, com impacto socioambiental de quase R$ 50 milhões, em estimativa baseada na calculadora de impactos monetários do Ministério Público Federal.

A extração ilegal e predatória de ouro na região é responsável pela grave contaminação por mercúrio dos afluentes dos rios que abastecem a região, bem como a contaminação do solo.

O combate feito pela Polícia Federal aos garimpos ilegais na região é constante. As operações atuais são desdobramentos de outras recentes, como a operação Boa Sorte, também de garimpo de ouro, deflagrada em dezembro de 2023.

Imagem: Ascom/SRPF/PA

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,900SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Prefeitura

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo