domingo, maio 19, 2024
Desde 1876

Exposição inclusiva “Cores e Texturas” é atração de domingo na sede social da AP

Neste domingo, 07, será realizada mais uma edição do Circular Campina Cidade Velha e uma das atrações é a exposição “Cores e Texturas”, composta de obras assinadas por 10 artistas visuais, todos incluídos no espectro autista, que ficará aberta para o público no Terrace AP, localizado na sede social da Assembléia Paraense (Av. Presidente Vargas, 762), das 10h às 16h.

O diretor artístico-cultural do clube, Thiago Lima, curador da exposição, destaca que as obras dos artistas não refletem apenas suas experiências únicas e autênticas, mas desafiam estereótipos, incentivando o público a expandir sua compreensão e percepção sobre arte e os artistas.

“Ao mostrar a diversidade de talentos e expressões artísticas, estamos contribuindo para uma narrativa mais completa e inclusiva da experiência humana. Além disso, ao destacar e valorizar estas obras, oferecemos oportunidades de empoderamento e reconhecimento para esses artistas, fortalecendo sua voz e contribuição para o mundo da arte e da cultura.”, avalia.

Os artistas participantes são Yanne Antunes; Beatriz Pereira; Alexandre Martins; Kattari Dias; Marcela Soares; Samuc; Lucas Quaresma; Sachie Ishigaki; Augusto Silva Além e Yuri Vale.

A jovem Beatriz Pereira,  20 anos, participa pela quinta vez de uma exposição. Ela é autodidata e suas obras trazem uma gama de cores, que mostra o lúdico e o cotidiano de forma alegre e suave. A artista, que já produziu 38 telas, trabalha com tinta acrílica e nela faz estudos de luz, sombra e profundidade. 

Sachie Ishigaki, 18 anos, é outra artista autodidata. Conta que, desde criança, gosta de desenhar, mas não se lembra ao certo quando começou. “Desenho há tanto tempo que agora é mais um hábito do que um hobby. E gosto muito de consumir artes no geral.”, ressalta. Na exposição, apresentará quatro pinturas, todas em tela e tinta de tecido.

Os personagens da Marvel também estarão na mostra. São interpretações do artista autodidata Lucas Quaresma, 30 anos. Serão 07 obras, onde ele utiliza como técnica a arte digital com impressão em MDF. Fã de todos os filmes da franquia, Lucas já desenhou cerca de 40 personagens, e suas versões já foram reconhecidas e registradas pela Biblioteca Nacional, do Rio de Janeiro.

Lucas é formado em Design de Produtos. Seu maior interesse é pelo desenho gráfico, o que o levou a um patamar de maior conhecimento sobre o tema. É autor da coleção de histórias em quadrinhos “HQ’s do Lucas” e, sempre que pode, participa de oficinas dentro dessa área de atuação.

O curador Thiago Lima acrescenta que a exposição celebra a riqueza e a variedade desses talentos que enriquecem a cultura paraense. “Dessa forma, reconhecemos e celebramos a diversidade de perspectivas e experiências que existem dentro de nossa potente e diversa comunidade artística.”, avalia.

Evento também terá Feira de Artesanatos

O espaço também contará com uma feira de artesanatos, com uma diversidade de produtos para comercialização, como biju, crochê, materiais educativos produzidos artesanalmente e guardanapos pintados.

Alguns dos artigos estão relacionados com o Mês da Conscientização do Autismo, como os da artesã Ana Aguiar. “Vai ter produtos em crochê,  brincos, bolsas, mas também produtos voltados para a causa autista, como botons , cordões de identificação etc.”, destaca.

Além de Ana Aguiar, da Belly Crochê, a feira contará com outros 10 expositores (ACI Soluções em Inclusão; Di Crochê; Teartistas, Bela Mey; Yleus; Quadros da Bia, SABER; Shellen Sarraff; Mundo da Arte e Cristais de Luna).

Serviço: A exposição “Cores e Texturas”, com obras de 10 artistas visuais (incluídos no espectro autista) e a Feira do Artesanatos ficarão abertas ao público neste domingo, 07, na sede social da Assembleia Paraense (Av. Presidente Vargas, 762), das 10h às 16h.

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,700SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Prefeitura
Banpara

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo