segunda-feira, junho 17, 2024
Desde 1876

Fiança de Daniel Alves teria sido custeada por grupo de amigos

Um grupo de amigos do ex-jogador Daniel Alves foi o responsável por pagar a fiança de 1 milhão de euros (cerca de R$ 5,4 milhões) para pô-lo em liberdade provisória, segundo apontou o portal espanhol La Vanguardia. A fim de conseguir todo o montante, eles teriam realizado um empréstimo.

De acordo com o canal mexicano Tudn, o holandês Memphis Depay foi um dos que ajudaram. O atleta trabalhou ao lado de Alves no Barcelona, e atualmente atua como centroavante no Atlético de Madrid.

Esta não é a primeira vez que Memphis ajuda financeiramente um amigo acusado de estupro. Ele também apoiou o lateral-esquerdo francês Benjamin Mendy, preso em 2023, e posteriormente absolvido pela Justiça Britânica. Memphis também emprestou dinheiro ao jogador neerlandês Quincy Promes, condenado a 6 anos de prisão pelo crime de tráfico de drogas.

– Benjamin Mendy e Dani Alves também estiveram envolvidos em casos criminais, mas isso não significa que tenham deixado de ser meus amigos. Não conheço o Quincy tal como ele é descrito. Isso não significa que eu diga que eles fazem as coisas bem ou que apoio tudo o que os meus amigos fazem. Mas não os vou deixar – disse Memphis ao jornal português Record.

Embora possua um patrimônio de cerca de 60 milhões de euros (R$ 324 milhões), Alves não pode fazer transações em parte de suas contas bancárias. Isso porque está em meio a uma disputa judicial devido ao processo de divórcio com Dinorah Santa, com quem tem dois filhos, Daniel e Vitória.

Uma das garantias utilizadas no empréstimo pela liberdade provisória, foi 6,8 milhões de euros (R$ 36,6 milhões) que Alves tem a receber do Fisco espanhol.

Antes de Alves deixar a prisão, chegou a ser ventilada a hipótese de que o pai de Neymar Jr. contribuiria financeiramente com a fiança. Isso porque, no ano passado, ele doou 150 mil euros (cerca de R$ 810 mil) a Alves a fim de que ele quitasse uma indenização e tivesse a pena atenuada. Entretanto, o pai do atacante negou ajudar na fiança por acreditar que a situação não compete mais à sua família.

– Como é do conhecimento de todos, em um primeiro momento, ajudei Dani Alves, sem nenhum vínculo com qualquer processo. Neste segundo momento, em uma situação diferente da anterior, em que a Justiça espanhola já decidiu pela condenação, estão especulando e tentando associar o meu nome e do meu filho a um assunto que hoje não nos compete mais. Espero que o Daniel encontre junto à sua própria família todas as respostas que ele procura. Para nós, para minha família, o assunto terminou – disse por meio de comunicado nas redes sociais.

Fonte: Pleno News/ Foto: EFE/ Fernando Bizerra Jr

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,800SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Prefeitura
Banpara

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo