quarta-feira, maio 29, 2024
Desde 1876

Hangar recebe o Festival Açaí Pará na reabertura da safra

Com a participação de mais de 500 batedores de açaí artesanal de Belém e de municípios de diferentes regiões de integração do Estado foi aberto, nesta terça-feira (14), o Festival Internacional Açaí Pará.  A segunda edição anual da programação ocorre até está quarta-feira, 15, no Hangar Centro de Convenções da Amazônia. Na próxima quinta-feira, 16, a programação será encerrada no Porto do Açaí, no bairro do Jurunas. O Festival é uma realização do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca (Sedap).

Mais de 100 expositores participam da programação com uma variedade de produtos que utilizam o açaí como matéria-prima. Os apaixonados pela cultura extrativista aproveitaram não apenas para conhecer algumas inovações, como também para degustar o tradicional suco de açaí com farinha de tapioca e farinha d’água.

Foi o caso da nutricionista Sara Xavier. Após provar o açaí ofertado em um dos estandes, ela não escondeu a satisfação. Especialista na qualidade alimentar fornecida pelo açaí, a visitante do festival ressaltou a importância da cultura genuinamente paraense.

“Cresci tomando açaí. Faz parte do nosso dia a dia.  Eu acho bem interessante porque o açaí está sendo muito conhecido e ele tem uma importância tanto nutricional como também um valor grande. Esse festival vem justamente para isso, divulgar nosso açaí”, destacou a nutricionista.

Outra que aprovou o festival foi a consumidora Socorro Paredes. Ela provou o amendoim e o pudim feito com açaí, além da geleia que foram ofertados no espaço do município de Marituba.

“São muito bons. Já fizeram até café do açaí. Eu provei. A geleia é gostosa, mas não tem como o açaí puro, o tradicional como a gente toma”, defendeu a visitante.

Fortalecimento

O Festival Internacional Açaí Pará é realizado com a parceria de um conjunto de instituições públicas e parceiros como os institutos Ver-o-Peso e Açaí é Nosso. Pela Sedap a organização é da Diretoria de Feiras e Mercados, mais precisamente pela Coordenadoria de Boas Práticas do Açaí. A diretoria organizou em conjunto com a Vigilância Sanitária do Estado (Sespa) e da Vigilância do Município de Belém a capacitação para os batedores de açaí. 

Entre os expositores estão 22 representes da Colômbia que conheceram de perto as peculiaridades alusivas ao açaí paraense.  

O festival foi aberto oficialmente às 18h30 com a participação do secretário de desenvolvimento agropecuário e da pesca, Giovanni Queiroz, além de representantes da Assembleia Legislativa e de órgãos públicos.

Para o secretário, a realização do festival é importante por legitimar a hegemonia do açaí produzido no Pará.  

“Não poderia ser diferente, nós produzimos 90% do açaí consumido e produzido no Brasil. E o povo paraense se orgulha disso, porque realmente é um alimento que complementa as nossas refeições, das nossas crianças aos mais idosos, começando lá com os nossos ribeirinhos, e quando aqui chegaram, tinham como alimento principal o açaí nativo, o cacau, a mandioca e o peixe. E este evento de hoje consagra exatamente e devolve a tantos pioneiros que aqui chegaram”, destacou o gestor da Sedap.

Entre os convidados da programação estiveram o embaixador da Colômbia no Brasil, Guillermo Rivera Florez, e os governadores Carlos Andrés Marroquin, do estado de Putumayo, e Amulfo Rivera Naranjo, do Estado de Guianía.

Imagens: Agência Pará de Notícias

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,800SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Prefeitura
Banpara

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo