sexta-feira, abril 12, 2024
Desde 1876

Investigado por tentativa de homicídio e roubo no Pará é preso no Rio de Janeiro

Uma ação integrada entre a Polícia Civil do Pará (PCPA) e a do Rio de Janeiro (PCRJ), deflagrada na tarde desta quarta-feira, 28, resultou na prisão de um homem investigado por integrar o comando de uma facção criminosa e pelos crimes de tentativa de homicídio contra agente público e roubo circunstanciado no Pará. A ação foi coordenada pela Delegacia de Repressão a Facções Criminosas (DRFC), vinculada à Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), e contou com apoio da equipe da Delegacia de Mãe do Rio, para a identificação do nome falso do indiciado e sua localização, em um presídio no Estado do Rio de Janeiro.

Segundo o delegado-geral da Polícia Civil do Pará, Walter Resende, foi possível dar cumprimento a dois mandados de prisão expedidos, além de realizar dois procedimentos criminais contra ele por uso de documento e identidade falsos.

“O cumprimento dos mandados de prisões reforça o compromisso da Polícia Civil no enfrentamento às organizações criminosas, assegurando a integridade da sociedade paraense. É importante destacar o apoio das nossas unidades especializadas e a PCRJ no processo investigativo e troca de informações, resultando na identificação do indiciado, que responde não somente por delitos praticados em nosso Estado”, ressaltou Walter Resende.

Desdobramento – Durante a investigação policial foi descoberto que o indiciado havia sido preso em dezembro de 2023, em flagrante, com nome falso no Rio de Janeiro. Na ocasião da prisão, o homem se apresentou como Wallace Tavares, e foi autuado em flagrante por tentativa de homicídio e porte ilegal de arma de fogo de uso restrito contra policiais militares do Rio de Janeiro, quando um PM foi baleado na cabeça.

Equipe das delegacias de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) e Repressão a Entorpecentes (DRE), juntamente com a Secretaria de Estado e Administração Penitenciária (Seap), deram apoio à ação.

De posse de informações e com autorização judicial da 1ª Vara Criminal da Comarca da Capital do Estado do Rio de Janeiro, o preso foi levado por agentes da Secretaria de Administração Penitenciária do Rio de Janeiro para a Delegacia de Repressão ao Crime Organizado, na Cidade da Polícia, para atualização de seu prontuário físico, com novas fotografias e impressões digitais.

Também foi feito o registro de ocorrência pelos crimes de uso de documento falso, previsto no art. 304 do Código Penal, e de falsa Identidade (art. 307), assim como o cumprimento de dois mandados de prisão oriundos da comarca de Mãe do Rio, nordeste do Pará, pelos crimes de tentativa de homicídio de agente público e roubo circunstanciado.

Segunda as investigações, o preso tem poder de decisão em uma organização criminosa atuante no Pará, relacionada com membros no Estado do Rio de Janeiro (RJ). Ele também é investigado por extorsão a empresários e tentativas de homicídio a agentes de segurança pública no Pará.

Após os procedimentos cabíveis na Cidade da Polícia, o preso foi transferido para unidade prisional, onde se encontra à disposição da Justiça.

Imagem: Agência Pará de Notícias

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,600SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Governo do Estado
banpara

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo