segunda-feira, junho 17, 2024
Desde 1876

Mineradoras impulsionam participação feminina na ciência

De acordo com dados do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), no Brasil, as mulheres constituem 43,7% do número de pesquisadores

No Dia Internacional das Meninas e Mulheres na Ciência, mineradoras como a Vale e a Hydro se destacam por promoverem a representatividade feminina, incentivando mais meninas e jovens mulheres a seguirem carreiras científicas. Essa iniciativa busca não apenas aumentar a diversidade, mas também enriquecer a investigação científica com diferentes perspectivas, estimular a inovação e criar ambientes mais inclusivos e equitativos para as próximas gerações.

De acordo com dados do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), no Brasil, as mulheres constituem 43,7% do número de pesquisadores. No Instituto Tecnológico Vale – Desenvolvimento Sustentável (ITV-DS) a diversidade é importante para promover diferentes perspectivas na investigação científica, estimular a inovação e criar ambientes mais inclusivos e equitativos.

Em todo o contingente do Instituto, de acordo com dados do ITV-DS de 2023, elas correspondem a 42% do total. Entre pesquisadoras e bolsistas, são 260 mulheres que se dedicam todos os dias a contribuir com os avanços e soluções para os desafios da sustentabilidade no Pará, na Amazônia e no Brasil. No ITV-DS, elas também são líderes de dez projetos desenvolvidos em diversos temas na área de clima, floresta, biodiversidade e socioeconomia.  Entre o quadro de bolsistas pesquisadores do Instituto as mulheres correspondem a 55% do total, segundo os dados da pesquisa de 2023.

O despertar para a atuação na ciência pode começar de diferentes formas. No entanto, referências de mulheres pioneiras da ciência são essenciais para quebrar estereótipos de gênero e inspirar futuras gerações. Pesquisadoras como a física polonesa Marie Curie e a húngara laureada com o Nobel de medicina em 2023, Dra. Katalin Karikó, inspiram e reforçam a mensagem para as meninas e jovens mulheres de que a ciência é um lugar que podem construir seus sonhos.

Pesquisadora Roseane Cavalcante (Divulgação)

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,800SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Prefeitura
Banpara

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo