sexta-feira, abril 12, 2024
Desde 1876

Belém recebe autoridades no SESC Boulevard para antecipar as discussões das ações dos trabalhadores em defesa do meio ambiente rumo à COP 30

Começa na tarde desta quinta-feira, 21, em Belém, o “Seminário da UGT sobre Mudanças Climáticas, Trabalhadores Rumo à Cop 30”, que se realizará até amanhã no Sesc Boulevard, no Boulevard Castilhos França, em frente à Estação das Docas, no centro de Belém, e reunirá as maiores autoridades sindicais e políticas do País, como os ministros de Meio Ambiente e Mudanças Climáticas, Marina Silva; das Cidades, Jader Barbalho Filho; e do Turismo, Celso Sabino de Oliveira; além do governador Helder Barbalho; do deputado Francisco Melo, presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Pará; do prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues; e do secretário de Clima, Energia e Meio Ambiente, do Ministério de Relações Exteriores, André Corrêa do Lago, que também é embaixador do Brasil e foi negociador-chefe do país na COP 28.

A promoção do evento é da central sindical União Geral dos Trabalhadores no Brasil. O seminário irá debater, entre outros assuntos, as mudanças climáticas no mundo do trabalho. O evento ocorre na capital paraense, que sediará, no próximo ano, a Conferência Mundial para o Clima, COP 30, da Organização das Nações Unidas – ONU.

O evento terá, ainda, as presenças do ministro presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), Lélio Bentes Corrêa e da vice-governadora Hana Ghassan, presidente do Comitê Estadual da COP 30. Também se farão presentes representantes dos ministérios do Trabalho e Emprego e dos Povos Indígenas, informou o sindicalista José Francisco de Jesus Pantoja Pereira, o Zé Francisco, ex-deputado estadual, dirigente nacional da UGT Brasil e presidente da Federação dos Trabalhadores no Comércio de Bens e Serviços nos Estados do Pará e Amapá – Fetracom-PA/AP.

 “O objetivo do evento é discutir as ações dos trabalhadores em defesa do meio ambiente, os direitos dos povos indígenas e o desenvolvimento sustentável, com a inclusão laboral e a geração de empregos verdes. Será uma oportunidade para compartilhar experiências e estratégias para enfrentar os desafios climáticos que afetam o mundo”, destaca Zé Francisco, secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da UGT Nacional.

O seminário vai antecipar as discussões da maior conferência climática global, a COP, realizada pela Nação das Nações Unidas, cuja 30ª edição acontecerá em Belém, em novembro de 2025, quando representantes da sociedade civil e líderes mundiais deverão selar compromissos com a defesa do meio ambiente.

Assim, o evento da UGT pretende definir um calendário de atividades capazes de ampliar o debate sobre as mudanças climáticas na sociedade; reforçar a ação do movimento sindical pelo cumprimento dos direitos dos trabalhadores e dos povos indígenas a fim de estabelecer alianças por justiça social no marco de uma agenda pelo desenvolvimento sustentável, além de estabelecer ações preparatórias para COP 30.

 “É necessário nos prepararmos para o debate sobre o trabalho e as mudanças climáticas, os impactos sobre os trabalhadores e trabalhadoras e também sobre os empregos”, observa o presidente nacional da UGT, Ricardo Patah. “Em vários países, os sindicatos têm alertado que ‘não existe emprego em um planeta morto’. Para a UGT, é preciso reavaliar a relação trabalho-meio ambiente e lutar por uma transição justa, que garanta o respeito aos direitos humanos e dos trabalhadores e trabalhadoras”.

Serviço:

Dias e horários: 21 (de 15h às 20h) e 22 de março (de 8h às 15h)

Local: Sesc Ver-o-Peso (Boulevard Castilhos França, 522/ 523, bairro da Campina, Belém) Imagem: Divulgação

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,600SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Governo do Estado
banpara

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo