quarta-feira, abril 24, 2024
Desde 1876

Em voo, piloto e copiloto dormem ao mesmo tempo por 28 minutos

Um piloto e seu copiloto dormiram simultaneamente durante pelo menos 28 minutos em pleno voo enquanto tripulavam um avião de passageiros da companhia Batik Air, de Kendari, no leste da Indonésia, para a capital do país, Jacarta.

De acordo com um relatório do Comitê Nacional de Segurança nos Transportes da Indonésia, nem os 153 passageiros nem os quatro comissários que estavam a bordo do Airbus A320 sofreram qualquer tipo de dano durante o voo de duas horas e 35 minutos do último dia 25 de janeiro.

O relatório, publicado em fevereiro, indica que meia hora após a decolagem o capitão pediu autorização ao copiloto para “descansar” e adormeceu durante 45 minutos. Os dois tiveram uma breve conversa e, após consultar novamente o seu colega, o capitão adormeceu novamente.

Durante os minutos seguintes, o copiloto manteve contato por diversas vezes com o centro de controle em terra para solicitar autorização para mudar de rumo devido ao mau tempo, mas as comunicações foram interrompidas minutos depois, quando ele também adormeceu.

Os responsáveis pelos centros de controle em terra das cidades de Makassar e Jacarta tentaram várias vezes entrar em contato com os pilotos, que não responderam às chamadas, enquanto o avião mantinha um rumo pouco fora da rota prevista.

Passados 28 minutos desde a última comunicação gravada, o capitão acordou, percebeu que o avião estava no rumo errado e acordou o copiloto assim que viu que também havia adormecido.

O piloto então respondeu às chamadas que lhe tinham chegado, tanto de centros de controle em terra como de outro piloto que comandava outro avião, e alegou problemas com o sistema de radiocomunicação para justificar a falta de respostas.

Depois de corrigir seu curso, o avião pousou sem incidentes no aeroporto de Jacarta. O relatório não revela os nomes dos pilotos, mas indica que o capitão tem 32 anos e o copiloto, 28, e também detalha o histórico de voos nos últimos meses e o descanso que tiveram nas 24 horas anteriores ao voo.

O capitão tinha feito parte de um voo na manhã anterior, apenas 19 horas antes da viagem em que caiu no sono. O copiloto, por sua vez, tirou folga na véspera, mas estava ocupado mudando de casa e não conseguiu descansar bem porque precisou ajudar a esposa a cuidar dos filhos gêmeos de pouca idade na hora em que havia planejado dormir.

Após este incidente, o Comitê Nacional de Segurança nos Transportes solicitou à Batik Air que realizasse verificações na cabine durante o voo para evitar este tipo de incidente e para garantir que tanto os pilotos como o resto da tripulação tivessem o descanso necessário.

*EFE

Fonte: Pleno News/) Foto: Reprodução/YouTube Airbus

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,600SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Governo do Estado
banpara

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo