segunda-feira, junho 24, 2024
Desde 1876

Fórum de Políticas para Mulheres debate sobre a importância da participação feminina na política

Dando seguimento a programação em alusão ao dia 8 de março, em que se celebra o dia da mulher, o Governo do Estado por meio  da Secretaria de Estado das Mulheres (Semu), realizou na tarde de segunda-feira, 4, o 1º Fórum de Políticas para Mulheres. O evento tem como objetivo debater a participação da mulher na política, bem como, a implementação dos Organismos de Políticas para Mulheres (OPM’s) em todos os municípios.

“Esse evento para nós, enquanto sociedade civil,  é de fundamental importância porque é um momento que se constrói toda uma política em parceria com todas que aqui estão presentes. É muito bom poder ver tanta mulher empoderada participando desse fórum que vai beneficiar toda a região metropolitana de Belém, mas também, todo o estado”, disse Clea Gomes, da Confederação de Mulheres do Brasil.

O evento deu início com a palestra do “Like ao Voto”, ministrada pela psicóloga e empresária, Gisele Meter, que trouxe dicas de como impactar e se posicionar nas redes sociais tendo como foco a conquista de eleitores. Com o teatro completamente lotado, com mais de 400 participantes de forma ativa, o painel sobre o protagonismo da mulher na política, que trouxe como tema “A construção da Cidadania Feminina Plena na Política e nos Espaços de Poder”, ministrado por Ingrid Agrassar, representante do Tribunal Regional do Pará (TRE/PA), fez com que todas refletissem sobre a atual participação das mulheres em cargos políticos, já que o estado contou com apenas 33% de candidatas nas eleições de 2022.

Já o segundo tema, “Violência Política Contra a Mulher”, ministrado pela advogada Juliana Freitas, destacou as dificuldades enfrentadas pelas mulheres que, por vezes, acabam reproduzindo o machismo estrutural colocando em prática uma rivalidade feminina desnecessária. A titular da Semu, Paula Gomes, ressaltou a importância de, em momentos como esse, que todos os órgãos envolvidos na defesa da mulher, devem utilizar de uma linguagem mais simples, trazendo mais proximidade e deixando sempre claro os direitos que as mulheres têm.

“Nós precisamos de muitas pessoas para nos ajudar nessa construção. E quando nós temos mulheres nos ajudando, o caminho fica mais leve e muito mais fácil. Eu quero aqui reforçar a importância da participação da mulher na política, não somente na política partidária, mas na política do seu bairro, em uma associação, em todos os espaços. Afinal, historicamente nós sempre fomos excluídas desses espaços de poder, o que acaba gerando muitos privilégios aos homens”, disse a secretária.

EXPO MULHERES DA AMAZÔNIA

Durante todo o evento, as participantes e visitantes que passaram pela Estação das Docas, tiveram a oportunidade de conferir de perto, o trabalho realizado por 50 empreendedoras paraenses.

A “Expo Mulheres da Amazônia” tem como intuito fomentar o empreendedorismo feminino, fornecendo espaço, estrutura, microcrédito e capacitação para que as mulheres consigam potencializar o seu empreendimento e  sua independência financeira.

A iniciativa é apenas um, dos muitos projetos desenvolvidos pela Secretaria de Estado das Mulheres (Semu), que visam garantir a independência financeira das mulheres. A expositora Anne Lima, que trabalha com papelaria, viu na exposição uma grande oportunidade de reforçar o seu trabalho. “Nossos produtos são 100 por cento artesanais e feitos com papéis reciclados. Ter a oportunidade de expor meus produtos é maravilhoso. Aqui estou vendo muitas mulheres empoderadas, e eu busquei trazer isso na coleção raízes que trouxe para cá e que traz toda essa ancestralidade feminina”, disse entusiasmada a expositora. 

A feira contou com produtos de diversos seguimentos. Passeando pela estação a professora Márcia de Souza, comprou artigos feitos em crochê para decorar a sua casa. “Achei essa iniciativa maravilhosa, poder ajudar uma mulher que está buscando o seu dinheiro, sua independência, é algo muito valioso. E isso impacta também na questão dos relacionamentos abusivos, em que muitas mulheres continuam, por não ter recursos para se manter e cuidar dos filhos. A secretaria está de parabéns!”

Imagem: Divulgação

artigos relacionados

PERMANEÇA CONECTADO

0FansLike
0FollowersFollow
21,800SubscribersSubscribe
- PUBLICIDADE-
Prefeitura
Banpara

Mais recentes

×
Pular para o conteúdo